Clarim - Livro
Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Movimento pela fábrica de superimãs já colheu cerca de 10 mil assinaturas
27/11/2017, às 09:06:05

O vereador Luiz Carlos Bittencourt dá continuidade à campanha de coleta de assinaturas com o objetivo de que o governo do Estado desenvolva em Araxá os projetos que visam a exploração de terras-raras, porque os metais estão no rejeito da mineração de nióbio pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM). Segundo ele, o abaixo-assinado que tem sido feito de forma eletrônica e presencial já conta com de 10 mil assinaturas que continuam a ser colhidas até o final de dezembro próximo.

“Continuamos com a nossa campanha, muito feliz com a aceitação, tanto dos empresários quanto da própria população”, afirma. Ele informa que na barraca instalada no Calçadão da rua Presidente Olegário Maciel, Centro, durante cinco dias destes mês foram colhidas em média 600 assinaturas por dia. “E não ficamos mais porque choveu muito, mas como não estamos com tanta pressa, porque vamos estender a campanha até final de dezembro, então nós achamos por bem esperar o tempo firmar”, diz. Ele acrescenta que nas três primeiras semanas de lançamento da campanha foram colhidas pela internet e pessoalmente mais de 10 mil assinaturas. “Vamos começar a visitar todas as escolas, Distrito Industrial e maiores empresas de Araxá e contamos com a parceria da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), de vários sindicatos que pegaram as folhas para colherem assinaturas e de mais de 30 estabelecimentos comercias que aderiram à campanha. O nosso objetivo é colher mais de 20 mil assinaturas”, diz.

O vereador acredita que se a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) investir mais de R$ 100 milhões na implantação de um laboratório-fábrica de superimãs em Lagoa Santa, região metropolitana de Belo Horizonte, a tendência natural é a de que amplie o projeto no outro município, apesar da matéria-prima ser de Araxá. “Então, a participação popular é muito importante, temos eleições no ano que vem e vamos receber visitas de vários candidatos a governador e cada um vai receber esse abaixo-assinado”, afirma. “Não começamos atrasados, todo o tempo que a gente puder lutar será bem valorizado pela população. Não vamos aceitar que aconteça isso com Araxá, dessa vez o povo está conosco e não acredito que esse projeto lá vai acontecer este ano, não é uma realidade ainda”, completa. Luiz Carlos diz que Araxá tem condições de alojar esse laboratório-fábrica e, posteriormente, a fábrica. “A própria CBMM tem condições de receber um laboratório desses e desenvolver essa fórmula do superimã aqui. Nós temos bons hotéis, universidade, ótimo aeroporto, não aceito definitivamente falarem que é questão de logística”, destaca.

Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia