Todos Contra o Abuso
Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
EDITORIAL - O básico
19/01/2018, às 09:24:05
Uma pessoa que está há mais de 50 anos comprometida com a atividade política, que depois de ter sido eleito deputado federal por seis eleições consecutivas cumpre o quinto mandato como prefeito de Araxá, não pode encerrar uma brilhante carreira em descendência. Mesmo que o prefeito Aracely de Paula não queira mais continuar servindo o público após o atual mandato eletivo, com certeza deve preocupar-se em deixar esse legado com a melhor reputação possível. Pois sentir-se realizado é uma constante busca do ser humano, principalmente para aquele que vivencia a política.

Então, como Aracely e a equipe de governo que deposita nele as melhores expectativas quanto a sua atuação como gestor vê a cidade hoje? Será que todos compartilham da aflitiva constatação de que Araxá está descuidada? As pessoas ao se indignarem com boa parte das vias esburacadas, tomadas pelo mato e com o acúmulo de lixo na sua porta, não vão pensar nas importantes obras recentemente inauguradas ou nas que estão em andamento e nas que ainda serão executadas. Lógico que não, mesmo se houvesse eficiência na comunicação interna e externa desse governo. Pelo contrário, outro problema dessa administração municipal é não se dar conta de que a informação também é um serviço público de base, não para encher a bola de ninguém, mas para orientar e prestar contas à população. Mesmo com a abrangência das atividades da prefeitura em todos os segmentos, a comunicação para essa gestão tem sido irrelevante.

A informação deve ser o fio condutor de energia para o governo em todas as situações da administração pública, não pode existir só de vez em quando e unilateralmente. Assim como prestar os serviços básicos, manter a população bem informada também deveria ser uma constante preocupação, pois ambos formam a opinião pública e criam o necessário clima positivo para que a cidade avance com mais qualidade de vida e oportunidade de desenvolvimento em todos os segmentos. Na falta ou ineficiência desses serviços, o negativismo toma conta de todos e tolhe o bem estar da população. A prestação dos serviços básicos e a comunicação dão sustentação ao governo para enfrentar os grandes desafios. A população sente primeiro o que interfere no seu cotidiano, antes de ter uma visão de futuro. A satisfação das necessidades básicas cobertas pela boa prestação dos serviços públicos, incluindo aí a comunicação, é o trampolim para as demais realizações de governo. Quando a população está insatisfeita, é muito mais difícil governar.

O prefeito ainda tem a maior parte deste mandato a cumprir, tempo suficiente para reverter o crescente descrédito que ainda pode ser considerado momentâneo, justamente em decorrência dessas falhas pontuais. Porém, se a insatisfação for desconsiderada ou mascarada, perseverando a falta de direcionamento e envolvimento, pode agigantar-se ao ponto de não ser mais possível o governo municipal contar com a necessária confiança da população.

A boa política não é aquela capaz de criar resultados eleitorais, praticada tendo como principal objetivo a vitória nas urnas. E sim a que é exercida com o aval da população, que precisa estar envolvida a ponto de compreender que o sucesso do governo na verdade é o seu, assim como o fracasso. Quando se conquista a aprovação popular, o resto é consequência do bom trabalho desenvolvido a seu favor. E para que a comunidade se aproprie da cidade, é essencial estar informada do que tem sido feito pela administração municipal, não somente quanto às realizações, mas especialmente sobre o enfrentamento dos problemas.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia