Clarim - Livro
Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Segunda Divisão mineira começa em agosto
28/05/2018, às 12:30:14

Foi realizado nesta sexta-feira, 25, na sede da Federação Mineira de Futebol, o Conselho Técnico para o Campeonato Mineiro 2018 - Segunda Divisão. Representantes de 13 clubes do estado compareceram à reunião que definiu as diretrizes para a competição desta temporada. A bola rola a partir de 5 de agosto e a definição do grande campeão será no dia 28 de outubro.

Participaram da assembleia Araxá, Athletic, Bétis, Boston, Coimbra, Minas Boca, Montes Claros, Passos, Ponte Nova, Pouso Alegre, Patrocinense, União Luziense e Valeriodoce. Além do ACTC, anteriormente excluído do conselho técnico, Nacional de Uberaba e Figueirense, de São João del-Rei, não compareceram ao arbitral.

Em virtude do novo formato de disputa estabelecido no conselho técnico da temporada passada, e a necessidade de mantê-lo por pelo menos dois anos de acordo com o Estatuto do Torcedor, a FMF, visando atender às demandas e necessidades dos seus filiados, consultou a CBF sobre a possibilidade de um nova mudança para a realização do torneio deste ano. Diante da solicitação, a entidade máxima do futebol brasileiro concedeu aval para uma possível alteração caso os participantes julgassem pertinente. Sendo assim, os clubes foram liberados para deliberar sobre um novo sistema para o campeonato.

Após votação, ficou definido que a Segunda Divisão de 2018 será disputada da seguinte forma em três etapas: primeira fase, semifinais e final. Na primeira fase, as 13 equipes jogarão em turno único, sendo seis jogos como mandante e seis jogos como visitante, classificando-se para as semifinais as quatro melhores equipes. A partir daí é mata-mata.

Em duelos de ida e volta, o primeiro colocado enfrentará o quarto lugar e o segundo jogará contra o terceiro. Os vencedores das semifinais avançam para a grande decisão. Os clubes de melhor campanha terão a vantagem de jogar a segunda partida em seus domínios. Para definir os vencedores na fase eliminatória, será considerada a soma dos resultados dos jogos. O gol marcado fora de casa não será critério de desempate. Permanecendo a igualdade no placar, a decisão do confronto será através das penalidades máximas.

Assim como nas últimas edições, a competição será disputada na categoria Sub-23, podendo cada clube inscrever no máximo cinco atletas com idade acima da idade limite. Cada agremiação poderá registrar até 30 atletas. O jogador que atuar por uma equipe não poderá jogar por outra durante a competição.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia