clarim.net.br - Projeto quer proibir a queima de fogos de artifício
Todos Contra o Abuso
Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Projeto quer proibir a queima de fogos de artifício
18/07/2018, às 09:22:19

A vereadora Fernanda Castelha (PSL) apresentou Projeto de Lei que proibe a queima de fogos de artifício que emitem barulhos, nesta terça-feira, 17, na reunião ordinária na Câmara Municipal. Na tribuna ela iniciou seu discurso reconhecendo a importância das tradições e costumes populares envolvendo comemorações com a utilização dos fogos. "É inegável que, em ocasiões festivas, as pessoas desejam se manifestar de diferentes maneiras, extravasando sua alegria, satisfação e emoções. Uma das formas mais tradicionais e bonitas é a queima de fogos de artifício, em eventos como a “virada do ano”, tradicional em todo o Brasil, jogos de futebol e em festas religiosas. Porém, já sabemos que a aparente beleza esconde diversos efeitos nocivos ocasionados nessas festividades”, disse a vereadora.


Diversas pesquisas científicas vêm demonstrando os efeitos danosos da queima de fogos, prática esta, aparentemente inofensiva para a maioria da população. Profissionais de saúde, famílias de portadores de autismo e outros transtornos neurológicos, veterinários e protetores de animais têm questionado como estes artefatos pirotécnicos ruidosos trazem enormes prejuízos àqueles mais suscetíveis aos barulhos extremos. Em relação aos animais, os cães e gatos têm audição 4 vezes mais aguçada que o ser humano. "A queima de fogos de artifício causa, muitas vezes, traumas irreversíveis aos animais, especialmente por terem a audição hipersensível. Em alguns casos, os cães se debatem presos às coleiras até a morte por asfixia, acontecem fugas desesperadas, automutilação e até distúrbios digestivos. Os gatos sofrem severas alterações cardíacas com as explosões e os pássaros têm a saúde muito afetada e, algumas espécies, alteram seu fluxo de migração.

Hoje várias cidades, Brasil afora, já adotaram os fogos silenciosos: Campinas, Campos do Jordão, Ubatuba em São Paulo, Alfenas, Poços de Caldas, Três Pontas em Minas Gerais, dentre outras. "Enfatizo que este Projeto não visa à proibição das comemorações com fogos de artifício, show de incontestável beleza. O objetivo é que essas manifestações festivas sejam adaptadas, substituindo os fogos ruidosos pelos chamados fogos de vista que são silenciosos e não prejudicam com barulhos excessivos”, finalizou a Vereadora Fernanda Castelha.

Assessoria Vereadora Fernanda Castelha
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia