clarim.net.br - Vítima do golpe do falso empréstimo perde quase R$ 1,7 mil
Todos Contra o Abuso
Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Vítima do golpe do falso empréstimo perde quase R$ 1,7 mil
26/07/2018, às 10:33:20
A Polícia Militar (PM) registrou o golpe do falso empréstimo bancário na quarta-feira, 25, quando foi acionada pela vítima. Ela relatou que está passando por dificuldades financeiras e, por isto, resolveu fazer um empréstimo em uma empresa do ramo. A vítima disse que entrou em um site que tinha o nome de outra empresa já conhecida no mercado, se colocando como seu representante. Segundo ela, após conversar através de e-mail e WhatsApp contratou o serviço com os funcionários da dita empresa e um deles se identificou como diretor e advogado. Ela disse que após receber o contrato através de seu e-mail foi informada que para autorizarem o empréstimo seria necessário realizar um depósito de R$ 250, em envelope de determinado banco. Então, ela disse que após efetivar o depósito recebeu uma nova mensagem através do WhatsApp lhe informando que para a liberação do empréstimo precisava aguardar a conferência do valor que foi depositado.

Ela acrescentou que pouco tempo depois recebeu outra ligação telefônica oriunda do Estado de São Paulo de uma suposta funcionária da empresa, dizendo que como o depósito foi realizado em envelope somente dentro de alguns dias úteis o dinheiro seria conferido e, então, liberariam o empréstimo solicitado. A golpista ainda disse que caso precisasse antecipar a liberação do empréstimo seria necessário que efetuasse outro depósito através de transferência bancária e que esse valor dado como garantia lhe seria ressarcido quando recebesse o que foi contratado. Então, a vítima disse que depositou o dinheiro e pouco tempo depois recebeu outra ligação solicitando mais depósitos como garantia. Segundo ela, depositou R$ 1.699 para os golpistas durante os dois dias em que recebeu as ligações.

A vítima acrescentou que quando esteve novamente na casa lotérica para realizar um novo depósito foi reconhecida pela atendente que lhe alertou sobre estar sendo vítima de um golpe por parte de estelionatários. Segundo ela, devido ao alerta desistiu de realizar mais um depósito e foi até uma loja física da empresa “representada” pelo site, onde foi informada que os seus contratos são realizados apenas presencialmente e que não existe representantes na rede. A vítima registrou o boletim de ocorrência que foi encaminhado para os órgãos competentes. A PM alerta que quando alguém for contratar serviços ou comprar produtos via Internet, primeiro se certifique de que a empresa é idônea e que realmente existe. E mesmo assim, se for fazer transações financeiras primeiro procure saber onde fica a loja física mais perto e se certifique de que não está sendo enganado por estelionatários, além de jamais fornecer dados quando solicitados em telefonemas ou e-mails suspeitos. “Em transações financeiras, principalmente empréstimos, bancos e conveniados jamais solicitam depósito de calção ou segurança para liberar o valor contratado, uma vez que as taxas exigidas já estão embutidas no valor final das prestações a serem pagas”, destaca a PM.

Furto em fazenda
A Polícia Militar (PM) registrou um furto em fazenda localizada no município de Araxá, na quarta-feira, 25. O funcionário da fazenda compareceu ao 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e relatou que durante a madrugada pessoas desconhecidas foram até a área de plantação e furtaram seis moto-redutores de pivô de irrigação da marca Waley. A PM iniciou os rastreamentos no intuito de localizar os equipamentos furtados. Qualquer informação sobre os autores e ou equipamentos furtados pode ser repassada sigilosamente pelos telefones 190 ou 181.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia