Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Concurso Beleza Negra Araxá
21/11/2018, às 09:04:00

Reverenciar, valorizar e exaltar a beleza negra araxaense. Assim foi o 1° Concurso Miss Beleza Negra Araxá, promovido pela Prefeitura, através da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) e do Centro de Referência da Cultura Negra na noite de segunda-feira, 19, no Teatro Municipal de Araxá. Oito candidatas desfilaram em ação pioneira que comemorou o Dia da Consciência Negra sempre lembrado anualmente em 20 de novembro. Muito mais do que o concurso de beleza, o evento foi realizado principalmente para superar as barreiras do preconceito e transmitir uma mensagem de igualdade para todos. A celebração da beleza negra em Araxá contou com apresentações artísticas e culturais e desfile de crianças, jovens e adultos mostrando as últimas tendências da moda e das três Miss Plue Size da cidade. Prestigiaram vereadores, presidente da FCCB, Régia Cortes, vice-prefeita Lídia Jordão, que representou o prefeito Aracely no evento, a Miss Brasil Transex, Maria Eduarda Borges, a Miss Brasil Kids, Valentina Miranda, e membros da sociedade civil e organizada.

Participaram dessa primeira edição, as candidatas Estefani Abadia da Silva, Faye Dunawaye Michele Moreira, Ana Lúcia de Paula, Isabela Larissa Nascimento, Helena de Fátima da Costa, Jaqueline de Fátima Vilela, Lorena Aparecida Ferreira e Daiana Francisco dos Santos Viana. Todas desfilaram em trajes social, de banho, afro e de gala e foram avaliadas em quatro critérios – Elegância, Beleza, Simpatia e Desenvoltura – por um corpo de jurados de muita experiência quando se refere em moda e eventos culturais de Araxá.

Foram jurados: jornalista Adélia Cortes; secretária executiva do Procon Araxá, Belma Nolli; diretor de harmonia e evolução de escola de samba, Jaime Bairon; designer, videomacker e fotógrafa, Nanda Assis; promotor de concurso de beleza, Paulo Ferracini; estilista e um dos idealizadores do Centro de Referência da Cultura Negra, Paulo Rezende; especialista em moda afro, Rodrigo Fonseca; cerimonialista Ronaldo Paiva, e a primeira musa de beleza negra do extinto Clube União, Vânia Lúcia. “Tivemos a dificuldade de escolher uma só, todas estavam em um nível muito bacana. Tomara que no ano que vem tenha outra festa desse gênero”, afirma Ronaldo Paiva.

Régia Cortes, presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), enfatiza que o evento trouxe uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana. “Pretendemos construir uma sociedade mais igualitária nos direitos, justa nas oportunidades e livre de preconceitos e diferenças. Por isso, é importante promover eventos dessa natureza”, comenta a presidente. A vice-prefeita Lídia Jordão, que representou o prefeito Aracely no concurso, exaltou a realização do concurso como uma forma de prestigiar a beleza negra araxaense. “Teremos a oportunidade de mostrar o quanto a mulher de Araxá é bela, delicada em seus atos e um referencial para mulher mineira e, por quer não dizer, brasileira. Salve a beleza da mulher negra em Araxá”.

A campeã da primeira edição do Concurso Miss Beleza Negra Araxá foi Isabela Larissa Nascimento que, classificou como um momento único na vida dela. “Só tenho que agradecer a todos que me apoiaram. Temos amor próprio e somos capazes de chegar aonde quisermos porque somos lindas e maravilhosas com a nossa pele e a nossa cor”, destaca. A Princesa Beleza Negra, que ficou na segunda colocação, foi Jaqueline de Fátima Vilela, e a Miss Internet, Ana Lúcia de Paula.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia