Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Fórum discute captação de recursos para a Casa do Caminho e Santa Casa
08/04/2019, às 12:32:17

A situação da Santa Casa e da Casa do Caminho foi debatida em um Fórum Comunitário realizado com o objetivo de buscar medidas de captação de recursos em prol das duas instituições. O evento foi realizado nesta quarta-feira, 3, no Plenário da Câmara Municipal de Araxá, e foi solicitado pelo Vereador Luiz Carlos Bittencourt (Podemos). Diversas autoridades de Araxá e região compareceram ao evento: Liliane Venâncio, Prefeita de Tapira e Presidente da Associação dos Municípios do Planalto de Araxá (Ampla); Secretários de Saúde das cidades de Araxá, Campos Altos, Ibiá, Pedrinópolis, Pratinha e Tapira; representantes do Conselho Municipal de Saúde, representantes do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Polícia Militar, Emílio Neumann, Presidente da ACIA, Antônio Ribeiro da Silva, provedor da Santa Casa; José Tadeu da Silva, Presidente da Casa do Caminho; gestores e funcionários das duas instituições de saúde; vereadores; imprensa e comunidade.

O vereador Luiz Carlos abriu o encontro reconhecendo a importância das casas de saúde: "As duas Instituições realizam um trabalho que é referência pela qualidade na prestação de serviço médico-hospitalar, desempenham suas atividades pautadas no compromisso social de atender a população indistintamente". Ele esclareceu que o objetivo do encontro é propor formas de cooperação e de intercâmbio para o desenvolvimento da saúde na região.

A superintendente da Santa Casa, Larissa Borges de Resende, apresentou dados operacionais dos atendimentos da instituição, que realiza procedimentos mediante convênios, dentre eles o sistema único de saúde (SUS) e também particulares. A entidade atualmente conta com 331 colaboradores e possui dívida acumulada de cerca de R$ 12 milhões.

Celso Alexandre Souza Lima é presidente da mesa provedora da Santa Casa. Ele esclareceu que o mandato da mesa terminou em março de 2019, mas foi prorrogado para um período interino de 90 dias. A prorrogação ocorreu devido à dificuldade de encontrar associados interessados em se candidatar ao cargo de provedor da entidade.

Glória Cristina de Castro Ferreira, superintendente hospitalar, representou a instituição Casa do Caminho. Ela informou sobre os serviços prestados e explicou como o hospital é mantido: "O hospital sobrevive com verbas do SUS, convênios municipais e doações. Hoje 100% dos atendimentos prestados são para os usuários do SUS." Ela também apontou um desequilíbrio nas finanças do hospital, os repasses do SUS totalizam menos de R$ 442.892,98 e somente a folha de pagamento e encargos alcançam o valor de R$ 478.467,55.

Diane Dutra, Secretária Municipal de Saúde de Araxá, afirmou que a prefeitura está buscando soluções efetivas para desenvolver ações na atenção básica para evitar que os pacientes precisem recorrer ao SUS. Diane relatou que os Secretários Municipais de Saúde da microrregião estão se reunindo para estudar soluções para o setor.

A Presidente da Ampla e Prefeita de Tapira, Liliane Venâncio, lembrou que todos os municípios mineiros estão sofrendo com o confisco dos repasses por parte do governo do Estado. Ela se comprometeu a levar a situação das duas instituições aos prefeitos da Ampla e aos membros da Associação Mineira dos Municípios (AMM).

Luiz Carlos finalizou o encontro assumindo o compromisso de buscar entendimento, entre os prefeitos da microrregião, para que todos os municípios dividam a responsabilidade de manter as instituições. Ele também pediu aos representantes das prefeituras que busquem o apoio de deputados para destinação de verbas parlamentares evitando, desta forma, que esses hospitais encerrem novamente suas atividades.

Ascom Câmara Municipal de Araxá
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia