Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu
Galinha dos ovos de ouro
24/10/2019, às 09:27:47
Ana Paula Machado
O governador Romeu Zema enviou projeto de lei à Assembleia Legislativa em prol da recuperação fiscal de Minas Gerais que prevê apenas a privatização da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), já a venda da Cemig, Copasa e Gasmig ficou para depois. Da mesma forma, a privatização dessa estatal foi tentada pelo ex-governador Fernando Pimentel que inclusive para encontrar interessados separou a parte lucrativa da Codemig e criou a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) para fazer investimentos nos projetos já existentes e em novos. A Codemig ficou com os 25% da operação do nióbio executada pela CBMM, o que lhe rende anualmente quase R$ 1 bilhão que é destinado pelo governo ou pelo menos deveria ser no desenvolvimento econômico do Estado. Dentre os argumentos para os deputados autorizarem essa privatização, está o de que a Codemig é a empresa que mais vale e não mexe diretamente com a população, como as que fornecem água e energia.  
 
No projeto de lei para a recuperação fiscal do Estado, o governo pede autorização para antecipar os royalties do nióbio que a Codemig tem a receber até 2032, vendendo parte deste direito para bancos e fundos de investimentos. Assim, o governo pretende fazer um caixa de R$ 5 bilhões para pagar o 13º do funcionalismo estadual referente a 2019 e acabar com o parcelamento do salário dos servidores estaduais.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Comunicação e Tecnologia