Gef vira o jogo e Trianon abandona o campo antes do término da partida

publicidade

   Uma surpresa. Esta é a definição do episódio ocorrido no confronto entre Gef e Trianon pela oitava rodada do amadorão. O presidente da equipe, Leonardo, já teve o inicio da rodada com problemas: apenas 10 jogadores compareceram ao inicio da partida. Mesmo assim saiu na frente do placar, mas ao levar a virada aos 27 minutos do segundo tempo ele resolveu retirar sua equipe de campo em uma ação anti-desportiva. De cara a equipe perde, segundo o regulamento, 6 pontos e ainda vai a julgamento podendo sofrer outras punições.
   A equipe de Leonardo abriu o marcador aos 10 minutos com gol de Washington.
   Parecia ser um dia para ficar na memória do torcedor do Trianon de forma positiva, pois aos 12 minutos uma penalidade para o Gef que Marcos Jr. cobrou e o goleiro Túlio defendeu.
   E goleiro Túlio foi o grande nome do primeiro tempo com defesas que impediram o empate do Gef ainda na primeira etapa. Quando não defendia, mostrava ter a seu favor a sorte, como em um lance em que Timim acertou a trave.
   No segundo tempo o Gef continuava pressionando em busca do empate. E o Trianon que iniciou com 10 jogadores, e somente completou 11 aos 30 minutos do primeiro tempo, na segunda etapa voltou a ficar com apenas 10 jogadores após a expulsão de William.
   Mas apesar da expulsão, na seqüência o Trianon teve a grande chance de ampliar com Dione de frente pro gol, mas ao tentar encobrir Robert permitiu o goleiro de evitar o que seria o segundo gol azul na partida.
   1 minuto depois o atacante Elvinho foi derrubado na área e o GEF teve seu segundo pênalti que Malaia cobrou e empatou aos 15 minutos se mantendo no topo da artilharia ao lado de Victor do Vila Nova.
   Aos 26 minutos, após cobrança de falta de Caio Xaropinho, Paulo Henrique marca de cabeça o gol da virada se aproveitando de uma falha do goleiro Túlio.
   Na saída da bola Caio Xaropinho e Fred se desentende e ambos são expulsos. E foi neste momento que o presidente do Trianon Leonardo decidiu retirar de campo a sua equipe.
   De acordo com o regulamento da competição (artigo 28 – Disciplina do Campeonato) a equipe que abandonar o campo por qualquer motivo perderá 6 pontos e ainda será enquadrada nos artigos do C.B.J.D.
   Portanto os 3 pontos da vitória do Gef serão computados, mas o Trianon perde agora 6 pontos e ainda irá a julgamento podendo sofrer outras punições.
VEJA ABAIXO NA INTEGRA O QUE DIZ O ARTIGO 28 DO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO:
   “28º – A equipe que abandonar o Campo por qualquer motivo, perderá 06 Pontos da partida em disputa e será enquadrada nos Artigos do C.B.J.D. será adotada a pena estabelecida na legislação Desportiva vigente que regulamenta a matéria, e outros artigos do C.B.J.D.”
   Portanto o Trianon que tinha 4 pontos ficará agora com apenas 1 ponto na tabua de classificação, pois perdeu 3 disputados para o Gef e mais 3 pelo abandono de campo.
   Na próxima rodada o Gef enfrenta o Cit no campo do Santa às 10h30min horas. Já o Trianon entrará em campo contra o Dínamo no Paraisão às 9 horas.
   O Gef venceu com: Robert, André (Caio Xaropinho – expulso), Dudu, Emerson, Jean Dener, Timinho, Rafael Bundinha (Ostinho Careca), Marcos Júnior, Malaia, Alex Rodrigues (Paulo Henrique) e Elvinho. Treinador: Cláudio Macedo.
   O Trianon saiu de campo antes do fim com: Túlio, Ítalo, Willian (expulso), Rafael, Gustavo, Emerson, Leandro, Washington, Abacate, Marcelo Procópio (Fred – expulso) e Dione. Treinador: Leonardo.
   O árbitro do jogo foi Odair José auxiliado por Pedro Caetano e Sebastião Prozolino.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Araxaense ganha cargo na Liga Brasileira de Xadrez

Compartilhe essa Notícia

publicidade

publicidade