Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
Idoso cai no golpe do caixa eletrônico
13/01/2020, às 13:43:46
A Polícia Militar (PM) registrou um estelionato por volta das 13h de sábado, 11, após ser acionada pela vítima, um homem de 65 anos. Os policiais compareceram numa agência bancária, onde a vítima disse que realizou uma movimentação bancária no caixa eletrônico e, ao final, foi abordado por um homem jovem que trajava calça clara e camisa social branca, de cabelos castanhos, alto e forte, lhe dizendo que seu cartão teria sido bloqueado e que iria lhe ajudar a desbloqueá-lo. Segundo ele, após realizar os procedimentos no caixa eletrônico, o autor trocou seu o cartão e provavelmente mentalizou a senha usada no procedimento de desbloqueio, evadindo-se em seguida deixando um cartão semelhante em suas mãos. O cartão deixado com a vítima foi apreendido para devidos fins e a PM iniciou os rastreamentos no intuito de localizar o golpista. 



PM apreende nota falsa de R$ 100
A Polícia Militar (PM) registrou uma ocorrência de dinheiro falso por volta das 19h de sexta-feira, 10, quando foi solicitada a comparecer no terminal rodoviário. O gerente de uma lanchonete do local relatou que um indivíduo foi até o guichê de uma empresa de ônibus e tentou comprar uma passagem para Uberlândia, pagando com uma nota falsa de R$ 100. Contudo, a funcionária da empresa percebeu a falsificação e recusou-se a vender a passagem. Então, posteriormente o autor deslocou-se até a lanchonete, comprou um café no valor de R$ 2 e pagou com a nota falsa, recebendo R$ 98 de troco porque em princípio a funcionária do caixa não percebeu a falsificação. Porém, após desconfiar da ação do autor, o gerente da lanchonete solicitou-lhe o dinheiro de volta, quando ele se recusou a devolver-lhe e voltou ao guichê da empresa para comprar a passagem. De posse das características do autor, a PM conseguiu abordá-lo e ele relatou que estava vindo de Teófilo Otoni, onde havia adquirido a cédula falsa. O autor várias vezes entrou em contradição a respeito do conhecimento da falsidade da nota, mostrando-se confuso mentalmente. Durante a busca pessoal, os policiais localizaram com o autor certa quantia em dinheiro, além da passagem adquirida no guichê. Ele recebeu voz de prisão em flagrante delito e foi encaminhado para a 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil e a nota falsa apreendida.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia