Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
Juiz determina a interdição parcial do presídio de Araxá
24/01/2017, às 09:56:17

 

O juiz de Direito da Vara Criminal, Renato Zouain Zupo, deferiu o pedido liminar da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais em uma Ação Civil Pública exigindo a interdição parcial do Presídio Regional de Araxá. A superlotação da unidade e a carência de agentes penitenciários são apontadas como justificativas para a interdição parcial. De acordo com a defensoria, o presídio que possui 28 vagas abrigava 365 detentos no último dia 11. “Quase três vezes a mais do que permite a sua capacidade”, aponta o coordenador local e defensor público, Antônio Carlos de Oliveira. “Para este juízo, avilta tal estado de coisas, impondo a concessão da tutela de urgência visada, ao menos para vedar que doravante a administração do sistema prisional (Seap), órgão do requerido Estado de Minas Gerais, se abstenha de encaminhar para o presídio de Araxá presos de outras comarcas, sem prévia e expressa autorização deste juízo e tendo em vista a absoluta impossibilidade de gerir por aqui vagas que já não mais existem”, cita o juiz Renato na decisão.

www.clarim.net.br



Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia