Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm
prefeitura_araxa
Cooperativas promovem ação para ampliar Casa de Acolhimento São Francisco de Assis
11/10/2011, às 07:27:46

 

   O cooperativismo araxaense se mobiliza para um grande desafio. A Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal), Cooperativa Integral de Desenvolvimento do Planalto de Araxá Ltda (Coind), Cooperativa de Profissionais com Formação Técnica ou Superior Ltda (Cooperar) e Cooperativa de Crédito Rural da Região de Araxá Ltda (Sicoob Crediara) já deram início a campanha do Dia de Cooperar do próximo ano (Dia C 2012). A ação voluntária arrecadará materiais de construção e doações em dinheiro para ampliação da Casa de Acolhimento São Francisco de Assis. A obra, orçada em R$ 80 mil, tem como objetivo atender as principais demandas da instituição, como a construção de um muro em torno da entidade, enfermaria, banheiro e uma nova área para atividades da instituição.
    No último dia 3 de setembro, Dia C 2011, as cooperativas, com apoio dos associados, imprensa e comunidade em geral, conseguiram arrecadar mais de 500 kg de alimentos não perecíveis, além de cerca de 300 produtos de higiene pessoal e de limpeza. Houve também doações de esteira, computadores, impressora, bicicleta ergométrica e adubos para a produção da nossa horta, uma das principais atividades desenvolvidas com os internos. Com a grande mobilização realizada, o Dia C entrou para o calendário do cooperativismo araxaense e se consolidou com uma das principais ações sociais no município. O desafio agora é ainda maior. A proposta é envolver comunidade, dirigentes, cooperados, empregados, familiares, imprensa, clientes, fornecedores e parceiros na missão de transformar uma instituição tão importante no município, como a Casa de Acolhimento São Francisco de Assis.
   De acordo com o diretor administrativo da Coind, Alessandro Henrique de Souza, a proposta das cooperativas envolvidas no projeto é promover uma grande ação voluntária, que aperfeiçoará a qualidade de atendimento da instituição. “A Casa de Acolhimento vem realizando um grande trabalho no setor norte da cidade nos últimos anos. Mesmo com muitas dificuldades, a instituição, com ajuda de voluntários, tem recuperado pessoas com dependência química, principalmente o alcoolismo, que é um dos maiores problemas da nossa sociedade. O nosso desafio é mobilizar toda a comunidade para, juntos, conseguirmos materiais para a construção de muro, enfermaria, banheiro e uma nova área para atividades da instituição.
   Segundo Alessandro, o objetivo é concluir a primeira etapa do projeto até dezembro próximo. “A principal demanda é a construção de um muro em torno da sede para uma maior privacidade dos internos. Só nessa etapa do projeto, serão gastos quase 4 mil tijolos cerâmica 8 furos, 114 sacos de cimento, 30 m³ de areia, 6 m³ de brita, 6 m³ de pedra de mão, 220 blocos 40x20 e 44 barras de ferragens de 3,5 m 7 x10. Toda a obra, muro, enfermaria, banheiro e nova área, está orçada em R$ 80 mil, já que a mão de obra será realizada pelos voluntários da casa. O nosso Dia C 2012 terá a missão de transformar a Casa de Acolhimento São Francisco de Assis e, para isto acontecer, contamos com a cooperação de toda a comunidade araxaense, parceiros, funcionários e associados das nossas cooperativas”, destaca.

Casa de Acolhimento São Francisco de Assis
   A Casa de Acolhimento São Francisco de Assis (Casfa) é uma instituição constituída há 11 anos, em 14 de fevereiro de 2000, pelo grupo de jovens da igreja Matriz de São José. A entidade tem como objetivo acolher pessoas desabrigadas e dependentes químicos que queiram uma mudança de vida, dando moradia, alimentação, assistência médica, via Sistema Único de Saúde (SUS) e assistência espiritual. Mantida através de doação da comunidade, a Casa realiza suas atividades através do trabalho voluntário de algumas pessoas e tem capacidade para atender até 25 internos em regime de moradia.
   Em 2007, foi iniciada a construção de uma nova sede em um terreno doado pela Prefeitura de Araxá, av. Dr. Atílio Colombo, 990, bairro Salamão Drummond, mas a falta de recursos impediu a conclusão da obra.  A intenção é dobrar a capacidade de atendimento, atendendo 25 pacientes em regime interno e outros 25 no período diurno, todos do sexo masculino, além de contar com estrutura para diversos trabalhos de reabilitação e com outras pessoas da comunidade.

 

 




Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia