Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_banner
980x150
Presos suspeitos de roubo de carretas carregadas de nióbio
08/12/2011, às 16:09:13

 

  Já estão detidos em Araxá, seis suspeitos de envolvimento no roubo de duas carretas com ferro-nióbio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração. Entre eles estão os próprios motoristas das carretas, Edno Pereira Junior e Luciano Rodrigues Santos, além de outros três homens e uma mulher: José Lopes Pereira, José Nildo de Oliveira Pereira, Wladimir Roberto Zanne e Daniela dos Reis Queiroz Pereira. Nenhum deles é araxaense e os mandados de prisão foram cumpridos nos estados de São Paulo e Santa Catarina.
  De acordo com a delegada Mariana Pontes Andrade que presidiu o inquérito, as investigações contaram com a coordenação do inspetor Mauro Chaves, e ainda não estão concluídas. Eles ainda não conhecem o paradeiro da carga e pode ser que outros integrantes na quadrilha sejam revelados. Para chegar aos suspeitos apresentados à imprensa nesta quinta-feira, 08/12, foram colhidos vários depoimentos de funcionários da empresa, análise de imagens de câmeras internas de diversos locais e informações de terceiros. Mariana Andrade não pode revelar mais informações para não prejudicar as investigações.

 O roubo   
  Duas carretas que transportavam ferro-nióbio da empresa CBMM, e tinham como destino a cidade de Rio de Janeiro, desapareceram na noite do último dia 9 de novembro deste ano. A polícia militar registrou boletim de ocorrência atendendo solicitação do gerente logístico da empresa transportadora que presta serviços para a CBMM.  De acordo com o boletim de ocorrência o gerente percebeu que ainda dentro da empresa CBMM o rastreador das duas carretas bitrem teriam sido travados tendo ele perdido todo o controle de rastreamento das carretas; que as carretas eram identificadas com as placas IJL-0012, conduzida por L.R.S de 33 anos e a outra carreta com placas DTA-0699, conduzida por E.P.J de 29 anos, que as referidas carretas ficariam no pátio da empresa, e na madrugada da quinta-feira, 10/11, em comboio com outras carretas e batedores, seguiria viagem para Rio de Janeiro. Ele informou ainda que as cargas das carretas estariam avaliadas em aproximadamente três milhões de reais.

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia