Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
PCMG investiga comércio de celulares irregulares em Patos de Minas
05/10/2020, às 16:33:32
patos

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), nesta segunda-feira (5/10), realizou a operação Sem Rede, em Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba, com o objetivo de combater a venda de aparelhos irregulares em estabelecimentos comerciais da cidade. Até o momento, duas pessoas foram presas e mais de 400 celulares, apreendidos para averiguação. Além disso, foi localizada uma arma de fogo na residência de um dos investigados, proprietário de mais de um comércio sob investigação. Também foram verificadas irregularidades em estabelecimentos, como lojas em funcionamento sem CNPJ e sem pagamento de impostos, bem como locais comercializando celulares produtos de furtos. As investigações tiveram início há cerca de cinco meses, após a a equipe responsável pela apuração de crimes contra o patrimônio da PCMG em Patos de Minas tomar conhecimento da existência de um grupo especializado na comercialização de aparelhos celulares ilícitos (telefones roubados e/ou furtados, sem emissão de nota fiscal e outras irregularidades) na cidade.



Segundo apurado, proprietários e funcionários de estabelecimentos comerciais investigados tinham o intuito de adquirir celulares de terceiros sem nenhuma precaução ou cuidado, sendo alvos de apreensões de telefones produtos de furtos e roubos cometidos no município. O delegado Érico Rodovalho destaca que a pretensão da operação é demonstrar aos envolvidos e demais pessoas que esse tipo de crime não ficará impune. “Eles devem buscar o caminho correto, tendo os alvarás exigidos para funcionamento, aquisição de material lícito e os devidos cuidados na prática comercial”, alerta. Rodovalho acrescenta ainda que trabalhos investigativos e preventivos continuarão sendo realizados. “A Polícia Civil de Minas Gerais segue empenhada nos esforços para elucidação dos crimes contra o patrimônio praticados na cidade de Patos de Minas, buscando excelência no atendimento à população e melhoria da segurança pública local”, conclui. Participaram da operação cerca de 50 policiais civis lotados na Delegacia Regional de Polícia Civil em Patos de Minas, com a participação de equipes que atuam em Presidente Olegário, Rio Paranaíba, São Gotardo e Carmo do Paranaíba, além do apoio de servidores da Receita Estadual para verificação da questão administrativa. Foram empenhadas ainda 14 viaturas da PCMG na ação.
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia