Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
Pré-eleição | Ana Paula Machado
10/11/2021, às 08:03:35
bosco

A essa altura do campeonato previsto para outubro de 2022, os competidores começam a se preparar com a escolha dos partidos pelos quais vão concorrer aos cargos de presidente, governadores, senadores, deputados federal e estadual nas próximas Eleições Gerais. A torcida é para que os políticos de Araxá tenham muita sabedoria no fechamento desse quadro de pré-candidatos em benefício da população e não de sonhos pessoais ou pelos conchavos políticos como costuma ocorrer a cada pleito. Tanto que Araxá já contou com uma cadeira na Câmara Federal por seis mandatos consecutivos, mas ao deixar o cargo para concorrer à prefeitura, Aracely de Paula não apoiou um sucessor da política local que está sem representante na esfera nacional desde 2014. A preocupação deveria ser com a escolha de uma candidatura que pudesse somar com a maioria dos eleitores como foi para a eleição de Aracely a deputado federal e Elisa Alves a estadual em 1990, a dobradinha conseguiu mais de 80% dos votos para os cargos. 

Atropelo
Naturalmente, o deputado estadual Bosco ao invés de buscar o quarto mandato na Assembleia Legislativa poderia concorrer para reconquistar o espaço de Araxá na esfera nacional. Porém, “gato escaldado tem medo de água fria”. Ao concorrer em 2018 para assegurar a Araxá a sua representatividade na Assembleia Legislativa, Bosco sofreu todo tipo de retaliação e concorreu com candidaturas nascidas dentro do grupo político que ele apoiou na esfera municipal. Resultado, a votação dele em Araxá caiu expressivamente e se não fosse o trabalho consolidado que manteve em outros municípios não teria sido eleito. E seria muito ruim para o município ter perdido mais um espaço político arduamente conquistado.    

Dobradinha
O deputado estadual Bosco acerta em desde já definir-se por disputar a reeleição, porque assim abre a possibilidade de se trabalhar uma candidatura a federal que inclusive possa contar com o seu apoio pelo menos em Araxá e onde não há candidatos majoritários ao cargo nas cidades em que ele tem eleitores. Uma composição que pode ser vitoriosa é a candidatura a deputado federal do vice-prefeito Mauro Chaves em 2022. Uma dobradinha tentada anteriormente com Bosco sem sucesso, mas agora podem contar com o apoio do prefeito Robson Magela. O que viria a fortalecer também no município a candidatura à reeleição do governador Romeu Zema.

cbmm6
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia