Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
 
cbmm_a
980x150
Tudo sobre a rodada do Torneio Nilo Lucchesi
05/03/2012, às 08:33:15

 

Gef vence clássico contra Grei na estréia
   Na estréia do Nilo Lucchesi um grande clássico no Estádio Industrial Vicente Lobo. Gef e Grei fizeram um grande e disputado clássico em que a equipe verde-branca, mesmo com perca de grande parte de seu elenco, se mostrou ainda muito forte para a temporada e venceu o Grei por 2 x 1 com gols do artilheiro Arthur e de Ítalo.
   A equipe do Gef iniciou melhor e foi criando algumas oportunidades de gols. Aos 16 min. Rafael Bundinha cobrou falta e acertou o travessão. Na seqüência a bola sobrou com Ere que pegou de fora da área para grande defesa de Allan. O Grei também chegava com perigo, como em um lance aos 23 min. Em que Christian arriscou de fora da área levando muito perigo ao gol de Robert já que a bola acabou sendo desviada no meio do caminho. Aos 28 min. Ostinho Careca chegou à área e rolou para Alex Rodrigues que chegou batendo forte. A bola bateu na zaga e sobrou com Ostinho que bateu para o gol e o goleiro Allan, esperto, defendeu. Aos 32 min. Alex Rodrigues fez grande jogada pela direita e cruzou na área para Arthur bater rasteiro e fazer Gef 1 x 0. Aos 37 min. Cobrança de escanteio e Alex Rodrigues desviou tirando do goleiro e Ítalo não conseguiu tocar na bola perdendo uma grande chance com o gol vazio. No final, aos 43 min. Hermano lançou na área para Caceba que quando foi dominar a zaga roubou a bola evitando a batida do atacante.
   No segundo tempo o ritmo do Gef diminuiu e o Grei pressionava em busca do empate. Logo no inicio, aos 6 min., uma boa trama no ataque azul e branco e Cristhian pegou de fora da área com muito perigo com a bola passando por sobre o gol. Pouco depois foi a vez de Bebeto receber na área e tocar na saída de Robert com a bola seguindo para fora. Melhor em campo neste momento o Grei seguia pressionando e aos 12 min. Bebeto recebeu na área e acabou caindo na marcação de Douglas perdendo uma boa chance de empatar. Na reclamação por um possível pênalti neste lance o treinador Wellington Bem Bão acabou sendo expulso de campo. O Grei dominava a partida, mas quem marcou foi o Gef. Aos 20 min. Uma cobrança de falta de Ostinho Careca pela direita e Ítalo subiu mais alto que a marcação para cabecear e ampliar: 2 x 0 Gef. Aos 31 min. Alex Rodrigues e Christian se desentenderam e acabaram ambos expulsos. O Grei seguia pressionando na partida, mas sem sucesso até os 46 minutos quando Paulo Henrique cobrou falta com precisão e diminuiu: 2 x 1. Mas não tinha tempo para mais nada e o jogo ficou em 2 x 1 para o Gef que iniciou bem a caminhada rumo ao bi-campeonato. Na próxima rodada o Gef enfrenta o Ipiranga às 8h30 no Vicente Lobos. O Grei tenta se recuperar frente ao Tigrão às 10h30min horas também no Vicente Lobos.
   O Grei entrou em campo com Alan, Paulo André (Cassiano), Alex, Miquimba, Rafael Lemos (Túlio), Hermano (Vagner Love), Netinho (Monstrinho), Christian (expulso), Fernando Henrique (Leandro Perez), Bebeto (Paulo Henrique) e Caceba (Thiago Ribeiro). Treinador: Wellington Bem Bão.
   O Gef jogou com: Robert, Ítalo, Marcos Jr. (Douglas), Emerson, Zé Renato (Ere), Timim, Rafael Bundinha, Rene (Paulo Henrique), Alex, Cabeça (Arthur) e Ostinho Careca. Treinador: Cláudio Macedo.
   O árbitro do jogo foi Amilton Cesar auxiliado por Marco Antônio e Moacir Pereira. A representante da LAD foi Geyse.


 



Mesmo com sufoco do Ipiranga, Tigrão estréia vencendo
   Uma partida muito movimentada entre a forte equipe do Tigrão e um Ipiranga que mostra ter o planejamento de se manter na elite do futebol araxaense. A equipe do Tigrão até começou acelerada e abriu 2 x 0 nos minutos iniciais da partida, mas viu um Ipiranga dominar boa parte do jogo e pressionar muito após marcar seu gol. Ao final a vitória de 2 x 1 do Tigrão foi digna de muita comemoração da equipe.
   O Tigrão abriu o marcador aos 13 minutos quando Douglas recebeu na direita e bateu cruzado de fora da área para fazer um golaço: 1 x 0. Pouco depois aos 11 minutos Douglas fez boa jogada e cruzou na área onde Gordim deixou para Caio que pegou bem e fez 2 x 0 Tigrão. Aos 28 min. o Tigrão ficou com um jogador a menos quando Ademilson levou o segundo amarelo e foi expulso. Aos 34 min. Diego recebeu na esquerda e bateu cruzado com muito perigo, mas a bola desvia na defesa e segue pela linha de fundo.
   No segundo tempo a equipe do Ipiranga aos poucos foi equilibrando as ações em campo e passando a dominar a partida pressionando em busca de um melhor resultado em campo. Aos 14 min. a bola sobrou com Preto, livre na área, que dominou e bateu para grande defesa de Romero. 3 minutos depois a resposta do Tigrão: Caio chegou com a bola dominada na área e bateu forte para uma grande defesa de Roni. Aos 29 min. um lance incrível para o Ipiranga: a bola sobrou com Bruno que bateu para o gol, o goleiro caído (após ter evitado o gol em um lance anterior) viu Fagner em cima da linha, no meio do gol, de cabeça salvar sua equipe de levar o primeiro gol. Melhor em campo e com um jogador a mais, o Ipiranga seguia pressionando e aos 34 min. chegou novamente com a bola bem trabalhada e na troca de passes do ataque a bola batida pro gol, Romero defende na primeira, mas a bola sobrou com Aloanos que bateu rasteiro no meio do gol diminuindo: 2 x 1. Nervoso em campo o Tigrão ainda viu um bate-boca entre o jogador Zé Mário e o presidente do clube Renato. O jogador se preparava para abandonar o campo quando o treinador Augusto Paraguaio, com jogo de cintura, intervir e normalizar a situação. Aos 40 min. um erro de interpretação do árbitro: Romero saiu para dominar uma bola na lateral da grande área, mas acabou não conseguindo segura-la que caiu fora de área com o goleiro também saindo da área. O árbitro entendeu que Romero havia saído da área com a bola na mão e marcou falta. A cobrança em nada resultou e a partida terminou mesmo com a vitória do Tigrão por 2 x 1.
   Na próxima rodada o Tigrão enfrenta o Grei às 10h30 no Vicente Lobo. Mas antes, as 08h30min horas, também no Vicente Lobos, acontece o confronto entre Ipiranga e Gef.
   O Tigrão jogou com: Romero, Valdo, Fagner, Raul (Hugo), Douglas (Jonathan), Alan, Igor Goiaba (Matheus Lucas), Caio (Val), Ademilson (expulso), Gordim (Matheus Motta) e Sérginho (Zé Mário). Treinador: Augusto Paraguaio.
   O Ipiranga entrou em campo com: Roni, Marcinho (William Recife), Luizinho, Cristiano, Everton Negão, Diego Silvério (Robert Tatsu), Wilton Gaega, Kinka (Bruno Moura), Igor Gaega, Preto (Thiago Souza) e Aloanos (William). Treinador: Cristiano Macaquinho.
   O árbitro do jogo foi Denílson Moura auxiliado por Walter José e Vicente dos Reis. A representante da LAD foi a Geyse.



Com gol de pênalti Cit bate Internacional
   Duas equipes que esperam fazer uma temporada melhor do que em 2011, Cit e Internacional entraram em campo para a primeira rodada do Nilo Lucchesi. Melhor para a equipe do prof. Fernandinho que venceu e largou na frente.
   O Cit começou no ataque. Aos 2 min. Diego escapou pela ponta esquerda e bateu para defesa de Dersom. 1 min. depois Jean é lançando na esquerda e toca para Luis Carlos cabecear e Dersom defender novamente. E o goleiro Dersom trabalhou muito no inicio. Aos 6 min. a zaga do Internacional bate cabeça e bola sobra para Luiz Carlos que viu Dersom sair do gol e afastar. Aos 18 minutos Gilson disputou bola com Anselmo, sobrando para Flavio que levou ate a área e bateu para difícil defesa de Dersom. Dersom foi salvando sua equipe até os 20 min. Uma bola pela esquerda e Fred Bundinha fez falta sobre Diego na área: pênalti. Diego cobrou no meio do gol e Dersom defendeu, mas no rebote o próprio Diego aproveitou para abrir o marcador. E Dersom ainda defendeu, aos 33 min., uma batida de Luiz Carlos que recebeu na entrada da área e bateu pro gol. Aos 37 min. um lance polêmico no jogo: uma cobrança de falta com a barreira do Cit posicionada dentro da área. Fred cobrou e a bola bateu na mão de Adriano, mas o árbitro marcou falta fora da área em que a cobrança passou perto do gol de Maisena
   No segundo tempo o jogo diminuiu seu ritmo e somente aos 17 min. aconteceu um lance de destaque: Daniel recebeu na ponta direta e bateu cruzado no pé da trave de Dersom. Pouco depois Jean escapou pela esquerda e cruzou na pequena área, mas Diego perdeu boa oportunidade de cabeça. Fabrício teve duas oportunidades de ampliar: aos 20 min. arriscou do meio de campo e acertou o travessão de Dersom. E aos 21 min. Fabrício pegou de fora da área e Dersom foi buscar no pé da trave. Aos 35 min. Douglas recebeu na esquerda e lançou na área e Juarez bateu pro gol para uma grande defesa de Maisena a queima-roupa.  E pouco depois Douglas teve nova oportunidade batendo da marca do pênalti para nova defesa de Maisena. Na sobra Gilson tentou e Maisena defendeu novamente. Final de jogo e vitória do Cit por 1 x 0. Na próxima rodada o Cit enfrenta o Vila Nova às 08h30min horas no Honorizio Pereira Veloso. Na seqüência, às 10h30, o Internacional encara o Dínamo.
   O Cit jogou com: Maisena, Leo, Fabrício, Anselmo, Jean, Adriano (Wilson), Wesley (Claudio), Daniel (Paulinho), Ciel, Diego e Luis Carlos. Treinador: Prof. Fernandinho
   O Internacional entrou em campo com: Dersom, Wilker, Marcelo (Lavras), Fred Bundinha, Kiko, Ninho (Ian), Jean (Charles), Marcelino (Juarez), Marreco, Flavio (Douglas) e Gilson. Treinador: Leonides
   O árbitro do jogo foi Ronaldo Vicente auxiliado por José Maria e Sergio Mauricio. A representante da LAD foi Marília Angélica.

 


 

 

 

 

 

 

 

Dínamo vence Vila Nova por 2 x 1 no Honorizio Pereira Veloso
   No confronto em que marcava um embate entre dois treinadores que mudaram de lado nas ultimas temporadas, Fernando Bobobó levou a melhor. Fernando foi treinador do Vila e hoje comanda o Dínamo. Já Nélio Reis trocou o Dínamo pelo Vila Nova. Mas com um grande elenco o Dínamo venceu por 2 x 1 com os gols de sua equipe marcados na primeira etapa.
   Mais organizado em campo o Dínamo comandou o primeiro tempo e poderia ter saído para um intervalo com um placar ainda maior. Logo com 1 min. o meia Bruno Cesar cobrou escanteio fechado que passou pela área, mas não apareceu ninguém para aproveitar. Aos 7 min. o meia Bruno Cesar passou por dois marcadores e lançou Kelvin na esquerda que cruzou para Dieguinho livre de marcação na pequena área fazer 1 x 0 Dínamo. O goleiro Edinei só veio a trabalhar aos 11 minutos quando Dalmer roubou a bola de Liniker e bateu da intermediária com a bola passando a linha de fundo pela esquerda do goleiro. O Vila teve chance de empatar ao 18 minutos quando Tiago Humberto roubou a bola, fintou dois marcadores e tocou para Vitor na entrada da área que bateu para fora. O goleiro do Vila Nova se destacou por salvar sua equipe em vários lances. Em um deles mostrou segurança ao fazer uma grande defesa na batida de Malaia. Em outro salvou o time do Santo Antonio com uma grande defesa quando Bruno Cesar pegou forte de fora da área. E na seqüência das defesas defendeu mais uma de Dieguinho que recebeu de Iguinho, em cobrança de lateral, e entrou na grande área sozinho e batendo pro gol. Melhor em campo o Dínamo chegou ao segundo gol aos 28 min.: Dieguinho recebeu na ponta esquerda e cruzou na área. O zagueiro Carlos Eduardo tentou cortar e acabou mandando pro próprio gol fazendo contra: 2 x 0 Dínamo. O zagueiro teve uma chance de se redimir aos 34 min. quando Dalmer cobrou falta pela esquerda e Carlos Eduardo cabeceou pra baixo com a bola passando a esquerda do goleiro Ednei.
   Na segunda etapa o Vila Nova voltou mais ligada na partida e criou mais oportunidades. Aos 7 min. Tiago Humberto tabelou com Vitor que bateu para defesa de Ednei. Pouco depois Tiago Humberto cobra falta pela direita que passou raspando o travessão do goleiro Edinei. Pelo lado do Dínamo o perigo mesmo somente aos 30 minutos quando Malaia fez boa jogada pela esquerda e encontrou Belchorzinho livre de marcação que acertou o travessão do goleiro Ricardo. Na seqüência aos 31 min. Tiago cobrou falta pela direta alcanço na pequena área. Edinei saiu e não achou nada e Vitor aproveitou para cabecear para o gol diminuindo para 2 x 1. O Vila poderia ter chegado ao empate 3 minutos depois. O atacante Véio tocou para Tiago que lançou Mateus sozinho na cara do gol, mas ele bateu pra fora desperdiçando a oportunidade do empate. Nos minutos finais o goleiro Edinei salvou o Dínamo em duas oportunidades. Aos 43 min. Véio pegou rebote da zaga e bateu da entrada da área, mas Edinei estava ligado e defendeu. Pouco depois Mateus cobrou falta na primeira trave e Diogo desviou para mais uma bela defesa de Ednei Mas o placar ficou mesmo em 2 x 1 Dínamo que na próxima rodada enfrenta o Internacional às 10h30min horas no Honorizio Pereira Veloso. Já o Vila Nova joga as 8h30, no mesmo dia e local, com o Cit.
   O Vila Nova jogou com: Ricardo, Iguinho (Richard), Dudu Pop Shop, Carlos Eduardo (Diogo), Mateus, Eder 20(Véio), Dalmer, Tiago Humberto (Bruno), Urciano, Vinicius e Vitor. Treinador: Nélio Reis
   O Dínamo entrou em campo com: Ednei, Dunguinha (Cowboy), Dudu, Dede (Igão), Kelvin (Paulo Rocha), Bruno Cesar, Liniker (Baiano), Vertinho (Valtinho), Caio Xaropinho, Malaia e Dieguinho (Belchiorzinho). Treinador: Fernando Bobobó.
   O árbitro do jogo foi Nivaldo dos Reis auxiliado por Wesley Elias e Sebastião Prosolino


 

 




Grei inaugura cabines no Estádio Industrial Vicente Lobo
   A diretoria do Grei aproveitou a oportunidade da estréia da 5ª edição do Torneio Nilo Lucchesi para inaugurar as cabines de Rádio do campo da AFV agora chamado de Estádio Industrial Vicente Lobo. Para este evento em que o estádio foi renomeado estiveram presentes na ocasião os próprios homenageados: o Sr. Nilo Lucchesi e também o Sr. Vicente Lobo. O campo do Vicente Lobo é considerado pela maioria dos envolvidos no futebol amador com o melhor campo de Araxá e conta com uma grande estrutura para abrigar as partidas do futebol amador araxense.

 




Vai começar a Copa Norte
   A competição que movimenta o Setor Norte esta de volta em 2012. E no formato original da primeira edição: 4 equipes em um quadrangular jogando entre si em turno único onde se classificam 2 equipes para a decisão que será disputada em partida única também. Este ano disputará a competição as equipes do Ferrocarril, Caiçara, Estância e Palmeri. Confira as partidas da primeira rodada que acontece no dia 11 de março no Ernest Duílio Stefani:
- 8h30 – Ferrocarril x Estância
- 10h30 - Palmeri x Caiçara

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia