Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
 
Posto e farmácia são assaltados
05/03/2012, às 09:52:36

Farmácia é assaltada
  A Polícia Militar (PM) está à procura dos autores do assalto em uma farmácia registrado na sexta-feira, 2, por volta das 15h, na av. Amazonas. De acordo com algumas pessoas que estavam no estabelecimento, um homem magro, moreno, com cerca de 1.70m de altura, entrou na farmácia e anunciou o assalto.
  O autor usava uma bermuda jeans com alguns rasgados, camiseta verde, tênis preto e estava com uma mochila preta e capacete preto com detalhes na parte detrás. Ele entrou na farmácia de arma em punho e anunciou o assalto, dizendo para colocarem o dinheiro na mochila. De acordo com as vítimas, o autor apontava a arma para todos, sendo um revólver tipo calibre 38. Após pegar o dinheiro, ele saiu rapidamente da farmácia e montou na garupa de uma motocicleta que não foi identificada e nem o seu condutor. Os dois seguiram no veículo em direção à praça do Goiano, com R$ 188 em dinheiro roubados da farmácia. A PM já checou as imagens do circuito interno de filmagens do estabelecimento, porém até o momento ninguém foi localizado.
     


 
Posto de combustível é assaltado     
  A Polícia Militar (PM) está à procura dos autores de um assalto em posto de combustível cometido no sábado, 3, por volta das 21h, na av. Tancredo Neves, bairro Vila Silvéria.
  De acordo com a solicitante D.A.S., 25 anos, ela estava trabalhando no caixa do posto de combustível quando foi surpreendida por um homem claro, magro, alto, que trajava capa de chuva para motociclista preta, com uma faixa luminosa nas costas e na altura da canela, e ainda usava capacete preto sem detalhes. A vítima relatou que ele empunhava uma arma de fogo tipo revólver, preta, ao anunciar o assalto. Segundo ela, numa ação rápida, o autor lhe rendeu junto com o frentista e um cliente que estava no local.
  Após pegar o dinheiro, o assaltante saiu correndo a pé, no sentido à av. Aracely de Paula. As vítimas não souberam precisar se o autor estava de fato a pé, de moto ou de carro. Os policiais verificaram o circuito de imagens do posto de combustível e, em princípio, não foi possível identificar o autor. Mas, os policiais perceberam que ele gesticulava com a arma em punho e, de acordo com as vítimas, ele tinha um timbre de voz fino e acelerado. A Polícia Militar iniciou os rastreamentos para localizar o autor.    

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia