Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
“Empresário” preso usava babá como laranja
19/08/2022, às 15:17:47
pcmg_1

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a operação Babá Laranja de combate a crimes contra o patrimônio e lavagem de dinheiro em Uberaba nesta quinta-feira, 19. Duas empresas do ramo de compra e venda de maquinários agrícolas são alvos da operação, cujo proprietário, RRG, que usava a babá como laranja foi preso num condomínio de luxo. A operação foi executada pelas Delegacias de Repressão a Crimes Rurais e de Furtos e Roubos de Uberaba, com o apoio da 2ª Delegacia Regional de Araxá. Três mandados de busca e apreensão, um de prisão e onze de sequestros de veículos foram cumpridos por 30 policiais civis, alguns em luxuosos endereços da cidade. 


emprol

As ações representadas pela PC com o aval contundente do Ministério Público (MP) e autorizadas por decisão eficiente e eficaz do Poder Judiciário foram para desbaratar uma associação criminosa que vem agindo na região, cometendo crimes de furto, roubo e receptação de caminhões, tratores e máquinas agrícolas, além de adulteração de sinais identificadores destes veículos. A polícia apurou que por meio das empresas alvos das buscas, RRG adquiria veículos pesados produtos de crimes e os repassavam a terceiros por meio de pagamentos que em muitas vezes incluíam carros de alto padrão. 



Após esfriar o crime antecedente, o autor transferia o veículo para uma investigada usada como “testa de ferro” que trabalha como babá em sua residência para ocultar o patrimônio obtido ilicitamente. Posteriormente, ele revendia esses veículos pelo valor de mercado utilizando-se da babá, aumentando os lucros decorrentes das operações de receptação e lavagem de dinheiro. Através dessa operação, o 5º Departamento da PCMG que abrange Uberaba e Araxá apresenta mais uma firme ação de combate à criminalidade organizada na região, com mais de R$ 2 milhões em bens sequestrados, além da prisão do líder da associação criminosa e apreensões de diversos documentos e materiais. O autor foi conduzido preso à delegacia numa viatura Porsche que a PCMG utiliza como slogan marcante de combate a crimes do colarinho branco.


cbmm


Clarim Net | Notícias de Araxá e Região 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia