Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm
prefeitura_araxa
O fechamento das candidaturas com domicílio eleitoral em Araxá | Ana Paula Machado
06/09/2022, às 09:04:32
Favorável
O fechamento das candidaturas com domicílio eleitoral em Araxá favorece a polarização dos votos em torno das duas que agregarem o maior apoio político tanto para deputado federal quanto estadual, aumentando as chances de eleição nas duas esferas de governo. Embora sejam três candidatos a deputado federal e cinco a estadual, se houver polarização a tendência é a de que conquistem a maioria dos votos úteis estimados em torno de 60 mil em cerca de 80 mil eleitores. Os candidatos por Araxá a deputado federal são Luiz Carlos Bittencourt (União Brasil), Raphael Rios (Cidadania) e Ricardo Zema Guimarães (Novo) que representam novas lideranças políticas em busca do resgate da representatividade nacional que tanto faz falta a Araxá. Os candidatos a deputado estadual são Bosco (Cidadania) que busca a reeleição para o quarto mandato consecutivo e os que disputam o cargo pela primeira vez, Dr. Robson Merola (PL), Fernanda Castelha (PMN), Maristela Dutra (Patriota) e Romário do Picolé (Pros).

Sensatez
A ex vice-prefeita Lídia Jordão abriu mão da sua candidatura a deputada federal pelo Patriotas numa atitude que soma mais votos para o cargo ao invés de dividi-los, porque tem significativa carreira política e o momento é de ajudar Araxá a ter mais representatividade. Hoje, na condição de oposição, Lídia enfrentaria o grupo da situação que está unido em torno de uma candidatura para o cargo. A decisão a fortalece politicamente e pode contribuir para a reconquista da cadeira de Araxá na Câmara Federal.



Mudança
Os candidatos a deputado federal e estadual que não têm domicílio eleitoral em Araxá tendem a respeitar a nova conjuntura de união política de seus representantes no governo do Estado e no município, assim apenas aqueles que já têm prestado serviços à comunidade têm mais chances de votação junto ao eleitorado local. Outro diferencial a favor das candidaturas de Araxá refere-se ao trabalho político junto à microrregião para que seja de fato reconhecida como polo regional de desenvolvimento.  Um trabalho conjunto com os demais municípios que precisam ter representatividade política mais próxima para que possam cobrar promessas de campanha e apresentar suas demandas. Os municípios pequenos devem se unir em torno das candidaturas mais viáveis da sua região, assim como têm se consorciado para prestarem serviços comuns como de iluminação e saúde públicas com menos burocracia e maior poder de negociação junto aos fornecedores. 

Ausência
O PT não lançou candidaturas a deputado federal e estadual com domicílio em Araxá, embora pudesse se fortalecer politicamente e até apresentar novas lideranças municipais tendo em vista a posição de Lula na liderança da disputa presidencial. Mesmo em fases críticas para o partido nas políticas municipal e nacional, o PT de Araxá preserva a confiança de cerca de 5% do eleitorado local. O que está demonstrado com o resultado das Eleições 2018 quando o candidato Professor Jales obteve 5,26% (2.785) dos 52.928 votos válidos (90,50%) para prefeito e, naturalmente, seria um dos nomes para o pleito deste ano. O PT também conseguiu eleger a vereadora Leni Nobre nas últimas eleições quando a expectativa de votos na legenda não era tão promissora como a de agora em todo o país. 


emprol
cbmm

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia