Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
Curta “A Valsa das Montanhas” é filmado em Araxá e Serra da Canastra
10/10/2022, às 13:03:13
valsa_2
As filmagens do curta-metragem “A Valsa das Montanhas” aconteceram em Araxá e no distrito São João Batista da Serra da Canastra, entre os dias 17 e 21 de setembro passado. O elenco é composto por atores araxaenses e da região como Frederico Ramos, Ana Cândida, Susi Feoli, Juliana Afonso, Rosana Loren, além das participações de Juliana Rage, Roberto Lonato e Maria Cármem Paiva.

Produzido pela Campos Produções e pela Red Fish Filmes, o curta-metragem é baseado no conto homônimo de Rodrigo Feres, escritor araxaense que também assina o roteiro. A história se passa nas décadas 1970 e 1990 para apresentar o amor de Ana, jovem vinda de uma família rica e conservadora, e de seu professor de piano Carlos, vinte anos mais velho. Com experiência em teatro, Juliana Afonso faz sua estreia no audiovisual no ano que conclui sua formação em artes cênicas pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), interpretando a protagonista Ana. “Tenho muito a agradecer à equipe do curta, a experiência do audiovisual foi nova para mim e apesar disto fizeram com que me sentisse em casa como uma veterana. Todos muito profissionais e engajados nos processos demandados”, conta. Juliana interpreta Ana em sua juventude. “Ana é uma jovem dos anos 70, mas com anseios de quem é jovem independente da época em que se situa. Essa pulsação inata da juventude me ajudou a pensar a personagem trazendo para ela o que entendo, observo e sinto sobre essa fase da vida”, diz Juliana.

Frederico Ramos e Juliana Afonso em cena Foto Gustavo ManeiraFrederico Ramos e Juliana Afonso em cena / Foto: Gustavo Maneira

O araxaense Frederico Ramos professor de teatro e artes hoje atua em Belo Horizonte e veio a Araxá para assumir o papel do protagonista Carlos. “A tentação do pensamento mágico é grande em mim quando lembro desse trabalho. É que foram tantos encontros felizes que parecia mais um presente do universo. Já conhecia boa parte da equipe e estava animado, mas confesso que fiquei impressionado com a maturidade e competência da produção. É incrível saber que Araxá já tem capacidade internacional pra fazer cinema.”, afirma. “A história trata contradições da mineiridade de um modo muito delicado, mas profundo. Para as locações que têm tanta força em nossas memórias afetivas, foi uma oportunidade sensacional para serem revisitadas com esse novo olhar”, completa.

Juliana Rage e Ana Candida Foto Pedro FortunatoJuliana Rage e Ana Cândida / Foto: Pedro Fortunato

Ana Cândida é profissional há mais de 15 anos e recentemente foi premiada como “Melhor Atriz” pelo curta-metragem “Ana” no Cannes World Film Festival. Ela interpreta a protagonista Ana na fase adulta. “Voltar a Araxá, cidade onde passei minha infância e adolescência para gravar o curta foi muito especial. Quando soube que contaria uma história de amor em Araxá, logo pensei que para mim seria um momento onde depois de tanto tempo morando e trabalhando longe das minhas raízes, eu poderia resgatar sentimentos diversos e profundos”, diz. “Ver o empenho de profissionais sérios e apaixonados pela arte em um país que valoriza tão pouco a cultura me faz uma atriz privilegiada. Um projeto lindo com uma equipe supercompetente”, completa. 

Rosana_Loren_Reprodução
Rosana Loren interpreta a mãe da protagonista Ana / Foto: Reprodução

Outro destaque do elenco é Rosana Loren que atua profissionalmente como cantora, atriz, compositora, dramaturga e produtora desde 2000. No curta, ela interpreta a mãe de Ana na década de 1970. “A cada nova cena eu ficava encantada até que comecei a torcer para que o final fosse feliz e que aquele amor retratado com tanta dor lograsse êxito ao final. Já sentia a dor de uma mãe que ama e quer o melhor pra sua filha. Fiquei à vontade, mergulhei na personagem e busquei oferecer o meu melhor”, conta.

O projeto que foi premiado no edital FEC 03/2021 e realizado com recursos do Fundo Estadual de Cultura de Minas Gerais fará parte da série “Amor em Minas” que será exibida pela Rede Minas. As datas de lançamento e exibição do filme ainda não estão definidas. A direção de “A Valsa das Montanhas” é de Bruno Campos, produzido por Delvo Simões com Eliane Coelho como diretora de produção. O curta-metragem teve apoio cultural da Prefeitura de Araxá através da Fundação Cultural Calmon Barreto, Casa Canastra, Lojas Parati, Seara Corretora de Grãos e UP Automarcas.


emprol


Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia