Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_banner
980x150
CBMM conta a história de Marisa Rufino na série Pessoas que Transformam
07/12/2022, às 15:00:34
pessoas_cbmm
O novo episódio fala sobre a trajetória da fundadora da CUFA Araxá e as décadas de trabalho voluntário voltado para as mulheres 

O novo episódio da série Pessoas que Transformam conta a história de Marisa Rufino, uma mulher bastante conhecida na cidade de Araxá, principalmente pelo trabalho realizado por meio da CUFA - Central Única das Favelas, da qual é fundadora, e de outros projetos sociais. São décadas realizando trabalhos voluntários, proporcionando mais dignidade para a comunidade, com foco especialmente em mulheres em situação de vulnerabilidade social. Foi através do reconhecimento de suas contribuições para o município, que recebeu o convite da CUFA para fundar uma sede em Araxá. 

Marisa veio de uma família muito humilde e, desde pequena, enfrentou de cabeça erguida suas dificuldades. Quando criança, foi aluna da primeira turma do CDH, e em sua trajetória como professora voluntária, utilizou vários conceitos de sustentabilidade e respeito ao meio ambiente que aprendeu na infância, na escola. 
O amor pelo trabalho voluntário começou há 22 anos, quando ela se ofereceu para dar aulas de artes na escola do filho mais velho, utilizando materiais recicláveis. A partir daí, Marisa continuou prestando auxílio a pessoas em situação de vulnerabilidade social. 

“As mulheres da minha família foram muito guerreiras, minhas tias trabalhavam muito em prol dos outros, favorecendo, elas ajudavam na questão de educação, de presença, de alimentação. Hoje, o que tento passar para a minha neta é tudo aquilo que eu vivi com meus avós, minha mãe e minhas tias, e tento retribuir para os outros aquilo que recebi. Nós trabalhamos a promoção humana, cultura, esporte, lazer. A gente não perde o nosso foco que é promover o humano, acreditar”, explica Marisa.



Em reconhecimento ao impacto positivo do trabalho liderado por Marisa, a comunidade de Araxá, por meio das redes sociais da CBMM, pediu que sua história fosse contada na série Pessoas que Transformam. Neste episódio, foi utilizada uma dinâmica diferente em que a protagonista, sentada na plateia, assiste à sua própria história de vida, contada no palco através de um jogo de câmeras, pelas demais personagens, entre eles familiares, amigos e pessoas da comunidade que foram beneficiadas por seus projetos.

Carlos Santos, criador e comunicador, fala da importância de Marisa em sua vida. “Ela sempre me serviu de exemplo, de saber o que fazer em qualquer momento. A sempre me calar, silenciar, prestar atenção, mas nunca ficar só de braços cruzados. A me levantar e ajudar aquele que está do meu lado.” O vídeo mostra a reação de Marisa em ter à sua própria história contada por outras pessoas, e os resultados obtidos pelos projetos que ela desenvolveu e que promoveram transformações na vida de diversos araxaenses ao longo de décadas de trabalho voluntário.
 
“Inspirar pessoas por meio de boas ações é o objetivo da websérie Pessoas que Transformam. Exemplos de generosidade têm um efeito poderoso de provocar nos outros o desejo de agir para o bem. A empatia transforma pessoas e as pessoas transformam o mundo”, diz Alvaro Rezende, da área de Relacionamento com a Comunidade da CBMM.
Tom Poeta, escritor, declama: “Eu conheço bem essa mulher que traz na alma, no seu DNA, não importa a quem ou a quantos, já conjugado o verbo transformar. Transforma vidas, realiza sonhos e, o mais importante, ensina a pescar. Eu conheço bem essa mulher, mas não me atrevo, não a defino. Ouso só te dar a certeza do quão especial é Marisa Rufino”.


1920x450
cbmm_1
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia