Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_banner
prefeitura
Mude sua relação com a ansiedade e sinta sua vida mais leve | Dr. Isaac Azaff
01/03/2023, às 09:31:25
ansiedade
Médico psiquiatra da Unimed Araxá explica como lidar com esta condição
 
A ansiedade é uma condição que causa impactos graves sobre a saúde e o bem-estar em termos gerais. Você já parou para pensar sobre quantas vezes evitou atividades e situações por medo? Medo de enfrentar desafios, de encarar uma plateia? Medo de sentir desconforto? Medo de morrer, de ter um ataque cardíaco? Medo de sentir, inclusive, ansiedade?!
 
Normalmente, quem tem um transtorno de ansiedade enxerga o mundo mais ameaçador do que ele realmente pode ser, além de se esquecer que existem recursos para enfrentar a maioria dos problemas que possam existir. Há seis transtornos de ansiedade conhecidos, cada um com seu grupo particular de sintomas (seu médico psiquiatra pode diagnosticá-lo e planejar o tratamento adequado a você).
  1. Fobia específica;
  2. Transtorno de pânico;
  3. Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC);
  4. Transtorno de ansiedade Generalizada (TAG).
  5. Transtorno do estresse pós-traumático (TEPT);
  6. Transtorno de ansiedade social ou fobia social.
 
Curiosidades
Veja cinco curiosidades sobre a ansiedade que você precisa saber, se quiser ter uma vida mais leve:
 
CURIOSIDADE 1 | Os pensamentos não devem ser considerados verdades absolutas
Se você sofre de ansiedade, sabe que o pensamento tem um poder imenso. É ele que, em grande parte das vezes, serve como gatilho para outros sintomas. É ele que visualiza um futuro catastrófico, incontrolável, apavorante. Portanto, você precisa aprender a tratar seus pensamentos como eventos mentais, ou seja, como formações da sua mente que apresentam o intuito de protegê-lo, e não como verdades absolutas. Assim, se você teve um pensamento de que não vai dar conta de determinada tarefa, por exemplo, isso não significa que realmente você não dará conta. Experimente modificar este pensamento para: “Pela minha mente está passando a ideia de que não darei conta da tarefa”. Você começa a observar seus pensamentos como se estivesse vendo-os de longe, para ter uma visão mais clara sobre o que eles dizem, mas sem ser tomado pelas previsões que eles fazem.
 
CURIOSIDADE 2 | A ansiedade pode ser tratada de forma eficaz
O que pode ser feito para tratar os transtornos de ansiedade? Infelizmente, muitas pessoas acreditam que a resposta é “muito pouco”. Elas presumem que a ansiedade é a expressão de alguma falha fundamental em seu caráter, ou viveram tanto tempo com o problema que se acostumaram com ele. Há, no entanto, maneiras eficazes comprovadas cientificamente e que não levam anos para funcionar. Seu médico pode indicar medicamentos, psicoterapia ou uma combinação de ambos. A ciência já chegou a muitas possibilidades de tratamento para a ansiedade. Basta você descobrir qual o mais adequado ao seu caso. 



CURIOSIDADE 3 | A ansiedade é desconfortável, mas não é perigosa
A ansiedade, na maior parte das vezes, é desconfortável para quem a vivencia, pois pode ocasionar sintomas físicos, deixar a mente em constante estado de alerta e provocar mudanças de comportamento. Em alguns casos, os sintomas são tão intensos que você pensa que vai morrer, desmaiar ou enlouquecer. É neste ponto que eu quero lhe mostrar algo muito importante: a ansiedade é desconfortável, sim, mas não é perigosa. Você não irá morrer em um pico de ansiedade (embora essa seja a previsão que você faz). Você vai apenas sentir um desconforto grande!
 
CURIOSIDADE 4 | Após atingir seu pico, a ansiedade necessariamente diminui sua intensidade
A ansiedade, assim como outros sentimentos, após começar a se intensificar, atingirá seu pico (em algumas situações) permanecendo lá por um tempo. Após atingir este pico, ela necessariamente começa a diminuir, ou seja, ela não tem como subir, subir, subir, indefinidamente. Gosto muito de fazer um comparativo com um sentimento mais confortável, como a alegria. Você conhece alguém que tenha ficado tão alegre, mas tão alegre em alguma situação, que nunca mais voltou ao seu padrão habitual? Não, né? Chega um momento em que a “euforia” vai diminuindo e há um retorno à estabilidade do humor. Então, a mesma regra vale para a ansiedade!
 
CURIOSIDADE 5 |Se não houver mudança em hábitos de vida, fica bem difícil melhorar o quadro de ansiedade
Se você está buscando melhorar sua relação com a ansiedade, é fundamental realizar mudanças em seus hábitos de vida. Aqui, estou me referindo a alguns itens como: alimentação saudável, prática regular de exercícios físicos e meditação, contato com pessoas queridas, exposição ao sol, enfim, tudo o que possa lhe beneficiar. Busque se conhecer melhor, entendendo quais são as coisas que lhe fazem bem. Neste caminho, talvez você perceba, por exemplo, que a prática regular de um exercício físico pode causar uma melhora bem significativa na sua qualidade de vida. Existe uma cadeia de substâncias benéficas ao corpo que são produzidas durante a atividade física, que servem como fatores protetores aos sintomas de ansiedade. Não hesite em procurar ajuda se você está enfrentando sintomas de ansiedade. Com o tratamento adequado é possível controlar e diminuir os sintomas e ter uma vida mais tranquila e saudável.

Isaac_Azaff Dr. Isaac Azaff | Médico Psiquiatra
 
Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia