Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
 
Começa o Campeontato de Juniores
23/04/2012, às 08:55:02

Ferroviário inicia vencendo a luta pelo bi: 3 x 2 sobre o Estância

 

 

   Em uma re-edição da decisão de 2011, Ferroviário e Estância entraram em campo no Ernest Duílio Stefani para o primeiro confronto da temporada no campeonato de juniores. E em uma partida muito disputada, em que o Estância teve dificuldades para se levar a equipe em campo, o atual campeão venceu o atual vice e sai na frente na luta pelo bi-campeonato.

   A competição deste ano será disputada por 13 equipes (já que o Olympique da Tapira desistiu em cima da hora). Ficando então com as chaves formadas da seguinte forma: na chave A: Ferroviário, Vila Nova, Operário, Dínamo, Caiçara, Arachás e Santa Terezinha. Já na chave B: Estância, Ferrocarril, Grei, Trianon, Tigrão e Ipiranga.

   Neste ano as duas chaves irão se enfrentar e se classificam os quatro primeiros de cada chave para depois serem formadas outras duas chaves com quatro equipes e jogando, desta vez, dentro das próprias chaves e se classificando os dois primeiras de cada chave para as semifinais.
 
   O Estância teve grandes dificuldades para se montar a equipe para a estreia. Afinal apenas 7 jogadores compareceram e o presidente do clube, Melete, teve que as pressas sair buscando jogadores em casa para completar 11 em campo. E o único jogador que chegou para compor banco entrou no meio do primeiro tempo quando Igor Heleno teve que deixar o campo por conta de um pircing na orelha.

   Pelo lado do Ferroviário muita reclamação do treinador Leandro pelo fato do árbitro Nivaldo de Souza ter sido escalado em 4 das 6 partidas do tricolor nesta temporada. Apesar disto o treinador conheceu a sua 6ª vitória seguida em 6 jogos que ele dirigiu a equipe (tanto amadora quanto juniores). O Estância saiu na frente aos 24 min. com Iltinho recebendo, dominando, limpando a jogada e batendo para abrir o marcador: 1 x 0 Estância. O Ferroviário tentou responder rápido e aos 32 min. Iago recebeu na esquerda, invadiu a área e bateu forte acertando a rede pelo lado de fora. Mas pouco depois, aos 38 min. Marcos fez boa jogada e tocou para Leandro na área que de peito mandou pra rede: 1 x 1. O gol acelerou ainda mais o tricolor que aos 41 min. virou a partida: Marcelo recebeu de frente a área, passou pela marcação, invadiu a área e bateu no ângulo fazendo 2 x 1 Ferroviário. 1 minuto depois outra boa jogada do Ferroviário: bola cruzada na área, o goleiro Marcelo tentou cortar e a bola sobrou com Coquinho que empurrou pro gol: 3 x 1.

   No segundo tempo o Estância equilibrou a partida na tentativa de buscar o empate. Aos 7 min. uma bola alçada na área para Repolho, Diego falhou na marcação, mas Repolho não aproveitou a boa oportunidade de frente pro goleiro e bateu pra cima. Pouco depois foi a vez do Ferroviário perder uma boa oportunidade: Coquinho chegou na cara do goleiro e bateu rasteiro. Marcelo defendeu e na sobra Coquinho ainda tentou tocar no meio da área, mas a jogada não deu certo. Aos 24 min. após uma inversão de marcação na arbitragem que deu escanteio em um lance de tiro de meta, a jogada prosseguiu com Cabritinho sendo derrubado na área: pênalti. Na cobrança Iltinho diminuiu para 3 x 2 e no lance Marcelo acabou sendo expulso por reclamação. O jogo seguiu com ambas as equipes criando oportunidades e buscando o gol. Mas todas em vão. Aos 46 min. o Ferroviário ainda teve mais uma grande oportunidade quando após cobrança de tiro de meta, Kaiki ganhou da marcação em velocidade e invadiu a área batendo na saída do goleiro, mas a bola seguiu para fora.

   O Estância jogou com: Marcelo, Maicon, Rodiney, Tanga, Cabritinho, Vinicius, Eder, Pardal, Iltinho, Igor Heleno (Marcos) e Repolho. Treinador: João Bolinha.

   O Ferroviário entrou em campo: Marcos, Neguinho, Paulo Alessandro, Diego, Audrione (Waldir), Marcos José, Iago, Ricardo (Cadu), Leandro (Kaiki), Coquinho e Marcelo. Treinador: Leandro auxiliado por Madruga.

   O árbitro do jogo foi: Nivaldo de Souza auxiliado por Marco Antônio Ignácio e Sebastião Aparecido da Silva.

Confira os demais resultados do Juniores:
- Vila Nova 2 x 1 Ferrocarril (Honorizio Pereira Veloso)
- Grei 2 x 2 Operário (Vicente Lobo)
- Trianon 3 x 2 Dínamo (Mangabeiras)
- Tigrão 2 x 3 Caiçara (Mangabeiras)
- Ipiranga 4 x 5 Arachás (Campo do Santa)
    A folga na rodada foi da equipe do Santa Terezinha.



Caiçara estreia vencendo o Tigrão por 3 x 2

 

 

    A equipe do Tigrão começou melhor a partida. Mas aos poucos o Caiçara iria conseguindo igualar a partida que ficou empatada até os 49 minutos quando Givago decretou a vitória do alvi-rubro do São Geraldo.

   Aos 13 min. Lucas faz boa jogada pela esquerda e toca para Mateus Mota na área que bate na saída de Doguinha fazendo 1 x 0 Tigrão. O Caiçara empatou aos 35 min. em um contra-ataque: Felipe recebeu dentro da área e bateu no canto direito do goleiro Broquinha. Pouco depois Mateus Mota reclama de uma possível penalidade na marcada e acaba sendo expulso.  

   Assim como no primeiro tempo o Tigrão começou melhor e logo aos 3 minutos acaba marcando o segundo gol: Grilo cobra falta pela ponta direita e encobre o goleiro Doguinha: 2 x 1 Tigrão. Mas não deu nem tempo da torcida comemorar, pois aos 5 minutos após cobrança de escanteio da esquerda a bola na pequena área com muito perigo, a zaga do Tigrão tenta bloquear e a bola sobra para Bruninho que bate para empatar novamente: 2 x 2. A partir deste lance o Caiçara que estava com um jogador a mais passou a pressionar o Tigrão em busca da virada. Aos 18 minutos Dudu recebe na entrada da área e chuta. O goleiro rebate e a bola ainda pegou no travessão. Aos 25 minutos Ronaldinho bateu de fora da área e goleiro rebate e Dudu acaba perdendo dentro da pequena área uma grande oportunidade de virar o marcador. Mas aos 48 minutos Givago recebeu na entrada da área e bateu pra marcar o gol da virada: 3 x 2 Caiçara.

   O Caiçara jogou com: Doguinha, Bruninho, Maiquinho, Abrãao, Tiaguinho, Felipe, Givago, Diego (Guilherme), Wener (Leleco), Ronaldinho e Dudu. Treinador: Marcilio

   O Tigrão entrou em campo com: Broquinha, Guilerme Boaventura, Breno, Goiaba, Lucas, Guilerme, Feijão (Julio), Felipe (Grilo), Marcos, Mateus Mota, Alessandro (Vitor) (Luiz Felipe). Treinador: Julio Tatá.

   O árbitro do jogo foi Edilson da Silva auxiliado por Moacir Pereira e Pedro Caetano.




Trianon vence Dínamo em outra virada e novo placar de 3 x 2 no Juniores.
      
   Na rodada dupla no Mangabeiras o Trianon sofreu, mas virou o marcador para cima do Dínamo na estréia no Juniores. O Dínamo teve uma boa oportunidade de abrir o marcador aos 42 min. do primeiro tempo em uma cobrança de penalidade que acabou sendo desperdiçada por Tarcisio que bateu pra fora. Mas aos 47 min. Tarcisio se redimiu ao marcar um belo gol encobrindo o goleiro Dérick: 1 x 0 Dínamo. O Trianon empatou aos 17 min. do segundo tempo: uma jogada de Itinho, a cabeçada de João Victor e o goleiro do Dínamo acaba falhando: 1 x 1. E o Trianon vira a partida aos 23 minutos: após bola lançada o goleiro Zé Roberto acabou saindo mal e Itinho aproveitou: 2 x 1 Trianon. O Dínamo empatou aos 43 minutos em um belo gol de Matheus Xavier: 2 x 2. Mas apenas 3 minutos depois, já nos acréscimo, um cruzamento da direita e João Victor marcou o gol da vitória: 3 x 2 Trianon.

   O Trianon entrou em campo com: Dérick, Zé Filho (Raiferson), Frederico, Abacatinho, Tales, Elber, David (Igor), Itinho e Matheus, Williams (Joninho) e João Victor. Treinador: Leonardo.

   O Dínamo jogou com: Zé Roberto (Paulo), David, Matheus, Carlos Augusto, Dudu, Baiano, Samuel, Harissom, Santiago, Tarcisio e Matheus Xavier. Treinador: Roberto Quintino.

   O árbitro do jogo foi: Wesley Elias auxiliado por Walter José e Paulo César Viriato.




Vila Nova estréia vencendo Ferrocarril por 2 x 1
      
         Depois de ficar de fora da ultima decisão o Vila Nova estreou bem na sua luta para voltar a decisão. O primeiro gol aconteceu aos 5 min. quando Bilu aproveitou a falha da defesa do Vila para fazer 1 x 0 Ferrocarril. Mas o Vila empatou logo em seguida com Vinicius que também uma falha da equipe do Ferrocarril. E pouco depois veio a virada do tricolor: uma falha na saída de bola do Ferrocarril e Bruno dos Santos bate pra fazer 2 x 1 Vila Nova.

   Na segunda etapa o Ferrocarril passou a pressionar em busca do empate. O Vila Nova também atacava buscando definir o placar. Isto deixou a partida muito movimentada com várias oportunidades de gols. Porém o placar ficou mesmo em 2 x 1 para o Vila Nova.

   A Vila Nova jogou com: Ricardo, Jabazinho, Gigante, Trator (Vitor Henrique), Galinha, Luan, Vinicius, Ian (Felipe), Vitor Hugo (Giovani), Bruno Afonso (Guilherme), e Bruno Dos Santos.  Treinador: Edivaldo.
   O Ferrocarril entrou em campo com: Alif, Eridis, Diego, William (Leandro Diniz), Henrique, Gugu, Jonathan, Felipe, Micael, Jefinho e Bilú. Treinador: Evaldo Juvenal

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia