Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
 
cbmm_a
980x150
Capal investe R$ 2 milhões no departamento de café
25/04/2012, às 08:26:35

 

   A Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal) investirá cerca de R$ 2 milhões no seu Departamento de Café. O recurso será aplicado na construção do segundo barracão para armazenagem do grão, além da compra de novos equipamentos para rebenefício, construção de uma moega para recebimento a granel e estrutura para armazenagem em bags. Com o investimento, a Capal passará a ter uma capacidade de armazenagem de café em torno de 200 mil sacas e conseguirá reduzir os custos dessa prestação de serviço para o cafeicultor.

   A ampliação do setor é em virtude da alta demanda para a safra 2012, que deverá ser uma das maiores dos últimos anos. A política de comercialização e investimentos realizados para reestruturação do setor de café contribuiu significativamente para que a Capal alcançasse patamares semelhantes aos das maiores cooperativas brasileiras em 2011. Só o departamento registrou R$ 37,3 milhões em vendas no ano passado. A expectativa é que esses números tenham um crescimento significativo nesta safra.

   O diretor de produção, Caio Cortes, informa que as obras de terraplanagem para a construção do novo barracão já tiveram início. “Como 2012 é um ano de safra alta, nós temos uma previsão de receber uma grande quantidade de café. Atualmente, temos uma capacidade de recebimento de 120 mil sacas e com esse investimento vamos chegar ao patamar de 200 mil sacas. Demos início às obras de terraplanagem, em seguida, vamos realizar a construção das fundações e, posteriormente, a estrutura metálica, a alvenaria e o piso. Só essa obra terá um investimento superior a R$ 1 milhão.”

   Segundo o diretor, o restante do investimento será na compra de maquinários para rebenefício e estrutura para receber café em bags e a granel. “Também já iniciamos as obras para aperfeiçoar a nossa estrutura para recebimento dos grãos e a capacidade de rebenefício. Foram mais de R$ 600 mil só na compra de equipamentos, sem levar em consideração a alvenaria que tem um custo elevado. O nosso objetivo, com todas essas melhorias no setor, é repassar ao cafeicultor a confiança que ele tem depositado na Capal nos últimos anos”, destaca Caio.

   De acordo com ele, o objetivo é ser uma das maiores cooperativas do estado também no setor de café. “A Capal já é reconhecida pelo trabalho que realiza com o leite e a qualidade dos nossos produtos, como a nossa linha de ração e sal mineral. Com esse investimento de R$ 2 milhões no café, vamos ter um potencial de crescimento muito grande e queremos nos tornar uma das maiores cooperativas do estado também no setor cafeeiro. Em março passado recebemos uma comitiva da Cooxupé, a maior cooperativa de café do mundo, a qual veio conhecer o nosso trabalho de assistência técnica, que é referência. Portanto, temos que aliar essa capacidade técnica com uma estrutura otimizada, para uma melhor rentabilidade do nosso produtor”, ressalta Caio.

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia