Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm (1)
banner_pma
Conferência das Pessoas com Deficiência
07/05/2012, às 08:55:33

 

   Com um grande elenco de reivindicações, mais de 200 pessoas participaram na quinta-feira, 26, da 1ª Conferência Municipal das Pessoas com Deficiência promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano, com participação de dirigentes e representantes de entidades que atuam na área. A conferência teve como principais objetivos debater a legislação que determina as condutas e os direitos das pessoas com deficiência e a elaboração de uma proposta que será encaminhada para a 3ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

   Sami de Moura Nunes é deficiente visual e participou atentamente da conferência. Ele disse em entrevista ao Jornal Clarim que as calçadas de Araxá impedem a eficiência na acessibilidade das pessoas com deficiência visual. “Têm muitos obstáculos nos passeios, por exemplo, lixeiras no meio do passeio, placas e buracos. Outra questão são os sinais de trânsito, semáforo pra gente ainda é uma questão muito difícil. Em Araxá, não tem um sinaleiro com sinais sonoros que são os ideais pra nós”, aponta Sami.

   Para o aposentado João Cândido Alves Júnior, o maior problema também está ligado à questão da acessibilidade. Ele é cadeirante e diz que Araxá tem muitas rampas, mas nenhuma é adequada para os cadeirantes. “As rampas nem sempre estão em locais apropriados. Os ônibus também poderiam nos atender melhor. Poucos são adaptados para os cadeirantes e a maioria dos motoristas não sabe mexer com a rampa. Poderia ter mais rampa, mais espaços para cadeirantes”, comenta o aposentado.

   Vera Lucia Bueno de Araujo é professora e trabalha com educação especial numa escola regular. Ela disse que para os seus alunos, a maioria portadores de Síndrome de Down, uma das maiores necessidades é a prática de atividades físicas. “Nós já fazemos isso na escola, mas poderíamos intensificar através de parcerias com entidades e empresas na cidade”, afirma. Ela cita que as parcerias com academias, por exemplo, permitiriam a criação de uma escolinha de esportes. A professora lembra também que outro ponto que precisa de mais apoio está ligado aos cuidados com a nutrição dos alunos.   

   De acordo com a assistente social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano, Ana Carolina Bueno de Araujo Maciel, as propostas definidas na conferência municipal estão sendo preparadas para serem encaminhadas às devidas instâncias: municipal e estadual. Ana Carolina que é presidente da Comissão Organizadora da Conferência Municipal informa que as propostas que são da esfera municipal serão encaminhadas para os poderes Legislativo e Executivo do município e, as de nível estadual ou federal, para a Conferência Estadual que será realizada em Belo Horizonte entre os dias 19 e 21 de junho próximo.

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia