Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm (1)
banner_pma
Expresso Mundo Melhor em presídio do Paraná utiliza cursos da Woli
21/06/2012, às 08:45:42

 

   Os cursos desenvolvidos em Araxá pela Woli Consultoria e Treinamento são utilizados em diversos programas sociais no Paraná (PR). Um dos exemplos é a parceria social da Woli com o Instituto Mundo Melhor, que adaptou um ônibus com computadores e acesso à internet para oferecer os cursos online para comunidades carentes.

    Os cursos da Woli que é uma empresa genuinamente araxaense que tem à frente Wagner de Freitas Oliveira, também são oferecidos para adolescentes e militares em final do serviço militar, como orientação para o mercado de trabalho. No presídio semiaberto da Lapa (PR), os cursos são oferecidos para detentos em regime semiaberto num trabalho de ressocialização de infratores. “A Woli doou 2 mil cursos para esses projetos e o resultado é gratificante”, afirma Wagner.

Retorno
  A chefe do Centro de Regime Semiaberto da Lapa (CRSL), Iriane Dittrich, manifestou-se ao Instituto Mundo Melhor sobre a presença do Expresso de Informática no presídio paranaense, nos últimos dias 15, 16, 17 e 18. Durante esses dias, o ônibus adaptado ficou à disposição da unidade durante todo o período, ofertando acesso a mais de 60 cursos dos mais diversos temas.

   De acordo com Iriane, os reeducandos num primeiro momento realizaram o curso de Introdução à Informática e, em seguida, ficou a critério de cada um a escolha do tema de sua preferência. “Dos quais se pode observar e discutir, após o término de cada curso, o objetivo do tema escolhido, sendo uma experiência de grande valia e reflexão. Foi uma experiência inovadora e tudo ocorreu de forma precisa e muito bem organizada, todos estavam integrados e realmente envolvidos no projeto. A empatia de todos era visível e contagiante e conseguimos atingir plenamente os nossos objetivos. O desfecho foi impressionante e inusitado”, registra. Ela agradeceu ao Instituto Mundo Melhor pela oportunidade oferecida aos detentos e à equipe do CRSL: “Pela participação, integridade, apoio, comprometimento, dedicação, competência e por estarem sempre dispostos aos desafios, e que continuem buscando sempre superar as expectativas a cada atividade realizada”.

 “O diferencial de todos nós está em acreditar no que estamos fazendo e isto é contagiante”, afirma a chefe do Centro de Regime Semiaberto da Lapa (CRSL), Iriane Dittrich.

 

 

 




Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia