Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
Ferroviário volta a vencer e vai a decisão no juniores
30/05/2011, às 06:45:08

 

  Precisando da vitória para reverter a situação o Vila chegou primeiro com perigo. Aos 3 minutos um cruzamento da direita e Diogo cabeceia na trave. O Ferroviário, apesar de jogar com o regulamento, também atacava e chegou em um bom momento aos 20 minutos quando Eto-o invade a área, mas a defesa dá um leve toque na bola antes do arremate e impede um perigo maior. 4 minutos depois, aos 24, Matheus bate forte de dentro da área. O goleiro Ricardo deu rebote e Marcos José aproveitou pra mandar pra rede: 1 x 0.
   No segundo tempo o jogo esquenta no início e Douglas comete falta dura em Braia e acaba sendo expulso piorando ainda mais a situação do Vila Nova em campo. O Ferroviário continuava levando perigo ao gol do Vila Nova. Em um destes lances Raniel chegou batendo cruzado pela direita e Raul salvou. Melhor em campo o Ferroviário ia se defendendo da pressão desordenada do Vila e seguia criando oportunidades em contra-ataques perigosos. Como em uma descida rápida em que Eduardo Picoé e Matheus chegaram à grande área com apenas um adversário na marcação. No lance, aos 35 minutos, surgiu o segundo gol do Ferroviário sacramentando a classificação. Eduardo Picoé, na direita, rola para Matheus na esquerda, mas ele não consegue bater pro gol e a bola sobra com Marcos José na esquerda que cruzou para Eduardo Picoé, na área de frente pro gol, dominar e bater ampliando o marcador: 2 x 0 Ferroviário. O Vila passou os últimos minutos correndo atrás de tentar diminuir o marcador e tentar o feito da virada, mas esbarrava na defesa do Ferroviário que garantiu a vitória mais uma vez e o carimbo no passaporte da decisão da competição.
   Com 2 vitórias inquestionáveis o Ferroviário chega à decisão da competição para enfrentar agora o Estância. Equipe que derrotou o Ferroviário em 2 oportunidades no campeonato. Na primeira e na segunda fase.
   O Vila Nova foi eliminado com: Ricardo, Igor Goiaba, Douglas (expulso), Raul, Netinho (Bruno Zoio), Vinicius, Matheus Mamão, Caio (Paulo Henrique), Filipe Pitibul, Bruno (João Paulo) e Diogo (Richard). Treinador: Dalmer auxiliado por João Paulo.
   O Ferroviário se credenciou a decisão com: Marcos, Raniel (Andreones), Madruga, Diego, Cadu (Neguinho), Rones, Maicon (Wesley), Marcos José, Matheus, Braia (Ricardo), e Etô-o (Eduardo Picoé). Treinador: Leandro.
   O árbitro do jogo foi Gilberto de Moraes, auxiliado por Sebastião Aparecido e Elvécio Gomes. O 4º árbitro foi Odair José e a representante da LAD foi Fernanda Oliveira.  Precisando da vitória para reverter a situação o Vila chegou primeiro com perigo. Aos 3 minutos um cruzamento da direita e Diogo cabeceia na trave. O Ferroviário, apesar de jogar com o regulamento, também atacava e chegou em um bom momento aos 20 minutos quando Eto-o invade a área, mas a defesa dá um leve toque na bola antes do arremate e impede um perigo maior. 4 minutos depois, aos 24, Matheus bate forte de dentro da área. O goleiro Ricardo deu rebote e Marcos José aproveitou pra mandar pra rede: 1 x 0.
   No segundo tempo o jogo esquenta no início e Douglas comete falta dura em Braia e acaba sendo expulso piorando ainda mais a situação do Vila Nova em campo. O Ferroviário continuava levando perigo ao gol do Vila Nova. Em um destes lances Raniel chegou batendo cruzado pela direita e Raul salvou. Melhor em campo o Ferroviário ia se defendendo da pressão desordenada do Vila e seguia criando oportunidades em contra-ataques perigosos. Como em uma descida rápida em que Eduardo Picoé e Matheus chegaram à grande área com apenas um adversário na marcação. No lance, aos 35 minutos, surgiu o segundo gol do Ferroviário sacramentando a classificação. Eduardo Picoé, na direita, rola para Matheus na esquerda, mas ele não consegue bater pro gol e a bola sobra com Marcos José na esquerda que cruzou para Eduardo Picoé, na área de frente pro gol, dominar e bater ampliando o marcador: 2 x 0 Ferroviário. O Vila passou os últimos minutos correndo atrás de tentar diminuir o marcador e tentar o feito da virada, mas esbarrava na defesa do Ferroviário que garantiu a vitória mais uma vez e o carimbo no passaporte da decisão da competição.
   Com 2 vitórias inquestionáveis o Ferroviário chega à decisão da competição para enfrentar agora o Estância. Equipe que derrotou o Ferroviário em 2 oportunidades no campeonato. Na primeira e na segunda fase.
   O Vila Nova foi eliminado com: Ricardo, Igor Goiaba, Douglas (expulso), Raul, Netinho (Bruno Zoio), Vinicius, Matheus Mamão, Caio (Paulo Henrique), Filipe Pitibul, Bruno (João Paulo) e Diogo (Richard). Treinador: Dalmer auxiliado por João Paulo.
   O Ferroviário se credenciou a decisão com: Marcos, Raniel (Andreones), Madruga, Diego, Cadu (Neguinho), Rones, Maicon (Wesley), Marcos José, Matheus, Braia (Ricardo), e Etô-o (Eduardo Picoé). Treinador: Leandro.
   O árbitro do jogo foi Gilberto de Moraes, auxiliado por Sebastião Aparecido e Elvécio Gomes. O 4º árbitro foi Odair José e a representante da LAD foi Fernanda Oliveira.

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia