Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
Os jogos da 7ª rodada do Amadorão
09/07/2012, às 09:17:10

 

   Uma rodada que teve um jogo antecipado na quarta-feira, no duelo em que o Ipiranga venceu o Ferrocarril. Nos jogos deste domingo, 08, muitos gols e a confirmação do Inter na liderança. Destaque para o Cit que entrou no G8 “roubando” a vaga do Vila Nova que foi derrotado pelo Operário em casa. Confira abaixo como foram as partidas:

   No campo da AFV-Dona Beja uma super-goleada do Gef sobre o lanterna Palmeri: 11 x 1. Os gols do alvi-verde foram marcados por Arthur (5), Bruno Cesar (3), Amaral (2) e Malaia. Para o Palmeri, que caminha a passos largos para a segundona, descontou Fabianinho.

   No campo do Santa os donos da casa sofreram mais uma derrota. O Ferroviário venceu de virada com gols de Ramon e Santiago. O gol do Santa foi marcado por Binga.

   No Estádio Municipal do Fausto Alvim o Dínamo freou a arrancada do Guarani ao vencer por 2 x 0 com gols de Anderson e Vertinho.

   No Dona Adélia o Internacional confira a boa fase e se mantém na liderança, abrindo inclusive vantagem, ao bater o Estância por 4 x 2 com gols de Cleone (2), Robson e João Copasa. Os gols do Estância marcados por Maicon Hebert e Alex.

   No Honorizio Pereira Veloso o Vila Nova perdeu a sua invencibilidade diante do Operário que venceu por 1 x 0 com o gol de Cinquentinha.

   No Vicente Lobo o Grei buscou o empate com o Tigrão depois de estar atrás do marcador por 2 gols de diferença. A partida ficou em 3 x 3. Os gols do Grei marcados por Cristhian, Vagner Love e Rafael Carezzato. Para o Tigrão marcaram Matheus Motta (2) e Cafu.

   No campo do Santa o Cit goleou o Caiçara por 5 x 1 e entrou no G8. Os gols do Cit marcados por Paulo Henrique (2), Daniel, Bruno Melecão e Paulinho Fumanchu. Para o Caiçara descontou Tiaguinho.

   Confira os confrontos da próxima rodada:
- Internacional x Vila Nova
- Dínamo x Tigrão
- Gef x Ferrocarril
- Cit x Grei
- Ipiranga x Estância
- Ferroviário x Guarani
- Santa Terezinha x Operário
- Caiçara x Palmeri



Grei e Tigrão empatam em uma partida de 6 gols
   Quem esteve no Vicente Lobo teve a oportunidade de acompanhar a uma grande partida entre Grei e Tigrão. O Tigrão ficou boa parte do marcador com 2 gols a frente do marcador e ao final acabou tendo o empate como um bom resultado já que terminou a partida com apenas 8 jogadores em campo.

   A situação do Grei começou a se complicar aos 22 min. quando Hermano foi expulso após uma entrada mais dura. E apenas 1 minuto depois Matheus Mota abriu o marcador para o Tigrão: 1 x 0. O Grei pressionava em busca do empate, mas não conseguia concluir em gol. A situação fazia com que seus jogadores tentassem de toda forma criar as oportunidades e nesta o atacante Bebeto acabou levando cartão amarelo aos 43 min. por simular uma penalidade. O Tigrão também tinha suas oportunidades, e quando chegava era mais objetivo. Aos 45 min., em uma boa jogada do atacante Serginho que carrega a bola pela esquerda e toca no meio da área para Matheus Mota apenas ter o trabalho de tocar pro gol e ampliar: 2 x 0 Tigrão.

   Na segunda etapa logo no inicio as equipes passaram e ter igualdade de jogadores em campo quando Raul cometeu falta em Cristhian na entrada da área e leva o 2º amarelo sendo expulso de campo. Com a igualdade numérica o Grei passou a pressionar mais em busca de diminuir o marcador. Em uma oportunidade Bebeto chegou na cara do gol batendo forte. Arlem fez grande defesa, no rebote uma nova batida pro gol e Arlem fez outra grande defesa. E a pressão teve êxito aos 22 min. quando Vagner Love recebeu na esquerda e bateu forte pro gol. A bola desviou em Wilton Sargento e enganou o goleiro Arlem: 2 x 1. Mas na saída de bola o Tigrão foi para o ataque e Cafu, dentro da área, aproveitou uma bola espirrada para bater forte e ampliar novamente: 3 x 1 Tigrão. Aproveitando-se do momento em que o Grei acabou se desorientando em campo com o 3º gol, o Tigrão chegou a criar boas oportunidades de ampliar na seqüência. Aos 28 min. um cruzamento de Vaninho pela esquerda e Gordim cabeceou com muito perigo, mas Alan fez grande defesa. Mas aos poucos o Grei foi retomando o controle da partida em campo e voltando a pressionar o Tigrão. Aos 39 min. Cristhian recebeu na direita, dentro da área, e bateu forte para diminuir: 3 x 2.Aos 43 min. Gerson fez falta para matar o ataque adversário e acabou levando o 2º amarelo sendo expulso. Muita reclamação por parte da equipe do Tigrão por entender que o árbitro foi muito rigoroso no lance.  Com um jogador a menos e com o Grei pressionando e embalado pelo segundo gol, o Tigrão acabou cedendo o empate aos 45 min. quando Vagner Love fez boa jogada pela esquerda. A defesa do Tigrão parou pedindo impedimento e Vagner tocou na área onde estava Rafael Carezzato, livre de marcação e de frente pro gol, para bater forte e empatar: 3 x 3. Após este lance Wilton Sargento sentiu uma contusão e saiu de campo. Como o Tigrão já havia efetuado todas as substituições possíveis a equipe acabou ficando com apenas 8 jogadores em campo e viu o Grei crescer em busca da virada Aos 46 min. Rafael Lemos recebeu de Vagner Love, invadiu a área e chegou batendo pro gol, mas Arlem fez grande defesa. Na seqüência Rafael Lemos joga a abola na área onde Caceba pegou de primeira batendo forte, e a bola explodiu na trave.

   O placar ficou em 3 x 3 com o Grei se mantendo invicto, mas agora na 3ª posição. O Tigrão caiu para a 5ª posição. Na próxima rodada o Grei enfrenta o Cit e o Tigrão tem mais um clássico: o Dínamo.

   O Grei entrou em campo com: Alan, Marcelinho Paraná, Juninho Transcol (Alex), Cassiano (Rafael Carezzato), Rafael Lemos, Hermano (expulso), Monstrinho, Cristian, Igor Gaega (Vagner Love), Bebeto e Caceba. Treinador: Wellington Bem Bão.

   O Tigrão jogou com: Arlem, Filhão (Igor Goiaba), Raul (expulso), Wilton Sargento, Vaninho, Augusto Todda (Alan), Gerson (expulso), Cafu, Caio (Guto), Matheus Mota (Gordim) e Serginho (Adam). Treinador: Edivaldo Pelanca.

   O árbitro do jogo foi Edilson José auxiliado por Moacir Pereira e Vicente dos Reis. A representante da LAD foi Tatiana do Carmo.


Massacre: Gef passa fácil pelo Palmeri com goleada histórica
   Em partida disputada na AFV-Dona Beja o Gef não tomou conhecimento do lanterna Palmeri e marcou 11 gols com grande destaque para o artilheiro Arthur que faz 5. Além dos gols de Arthur marcaram também Bruno Cesar (3), Amaral (2) e Malaia. O Palmeri marcou com Fabianinho.

   Na próxima rodada o Gef, agora na 4ª posição, enfrenta o Ferrocarril. Já o Palmeri, lanterna desde o inicio, tenta se recuperar frente ao Caiçara que também não vive um bom momento.

   O Gef jogou com: Vaguinho, Amaral, Dudu, Emerson (Douglas), Ere (Rafael Bundinha), Fernando Henrique, Renê, Timim (Victor), Bruno César, Arthur e Malaia. Treinador Claudio Macedo.

   O Palmeri entrou em campo com: Alan, Kaique (Valdo), Natal, Chicandu, Dione, Correa, Edmilson (André), Dalminho, Valmeres, Mosquito (Vaguinho) e Fabianinho (Rodrigo). Treinador John.

   O árbitro do jogo foi Ronaldo Vicente auxiliado por Sebastião Aparecido e Vitor Jailsom. A representante da LAD foi Abgail.


Vice-liderança: Dínamo barra arrancada do Guarani e pula para 2º
   Em uma grande partida disputada no Estádio Municipal do Fausto Alvim, o Dínamo mostrou sua força ao vencer por 2 x 0 o Guarani que vinha embalado por 4 vitorias consecutivas. O resultado valeu a vice-liderança a equipe do Fernando Bobobó.

   A equipe do Dínamo fez 1 x 0 aos 33 min.. Pelézinho cobra falta e Anderson chega cabeceando: 1 x 0. Na segunda etapa o atacante Vertinho entrou na partida para confirmar a vitória do Dínamo. Aos 38 min. ele escora um cruzamento e amplia para 2 x 0.

   O Guarani caiu para a 7ª posição na tabela e retorna na próxima rodada contra o Ferroviário que luta contra o rebaixamento. Já o Dínamo entra em campo para um grande clássico contra o Tigrão.

   O Dínamo entrou em campo com: Edney, Dunguinha (Vertinho), Anderson, Dedé (Zé Mário) e Kelvin (Rones), Igão, Dalmer, Caio Xaropinho, Lucas Ribite, Pelézinho, Deninho (Kanidya) (Negueba). Treinador Fernando Bobobó.

   O Guarani jogou com: Xaneco, Catiano (Leo), Joãozinho, Macuco, Eduardinho (Batata), Carlinhos (Rafael), Tiãozinho (João Ricardo), Preto (João Paulo), Ezequiel, Alex Tapira e Alexandre. Treinador Marcio Lêblanc.

   O árbitro do jogo foi Amilton Cesar auxiliado por José Roberto e Sebastião Prosolino. A representante da LAD foi Samara Felipe.


Internacional vence Estância e abre vantagem na ponta
   A equipe da Rua Bahia venceu mais uma jogando no Dona Adélia. A vítima foi o Estância que foi derrotado por 4 x 2. O Inter abriu 3 pontos de vantagem sobre o vice-líder, que é o Dínamo.

   A equipe do treinador Ademir marcou com Cleone (2), Robson e João Copasa. Os gols do Estância foram marcados por Maicon Helbert e Alex.

   Na próxima rodada o Inter poderá dar um importante passo rumo a classificação antecipada frente ao Vila Nova. Já o Estância, que ocupa uma posição confortável com relação ao rebaixamento e também distante do G8, terá pela frente o Ipiranga.

   O Internacional jogou com: Derson, Marreco, Kiko (Mário), Paulo Tatá, Gustavo, Robson, Jean, Cleone, Cristiano (João Copasa), Vitinho e Flávio (Douglas). Treinador: Ademir.

   O Estância entrou em campo com: Luis Fernando, Bodinho, Paulo Henrique, Gederson, Maicon Marlon (Daivid), Márcio Macaco, Tchô (Maicon Helbert), Renato Augusto, Juninho Getho (Falcão), Alex Marlon (Renatinho) e Robinho. Treinador: Augusto Paraguaio.

   O árbitro da partida foi João Mariano de Andrade auxiliado por Romeu Sebastião e Anésio Rubens. A representante da LAD foi Camila.


Desesperados: Ferroviário vence de virada o Santa Terezinha e respira
   Em uma partida envolvendo briga direta contra o rebaixamento o Ferroviário foi mais eficiente ao bater o Santa Terezinha por 2 x 1. Agora a equipe dá uma pequena respirada com relação à ameaça do rebaixamento. Mas apesar da vitória, onde abriu 3 pontos sobre o Santa, a equipe permanece na 14ª posição.

   O atacante Binga abriu o marcador para o Santa Terezinha, mas viu Ramon empatar para O Ferroviário e Santiago virar o marcador.

   Na próxima rodada o Ferroviário tenta manter o espírito de vitória frente ao Guarani. Já o Santa Terezinha, que segue lutando contra o rebaixamento, tem pela frente o Operário.

   O Santa Terezinha entrou em campo com: Buiu, Binira (Jefinho), Nélio, Beto, Watson (Leo Cabotiá), Rauder (Edson), Baiano, Ricardinho, Foguinho (Maicon), Asprila (Vitinho) e Binga. Treinador Celso Lobão.

   O Ferroviário jogou com: Caio, Rogério, Rafael Negão, Paulo Henrique, Marcos José, Cadu, André (Daniel), Eltinho (Marcelo), Ramon, Fred (Santiago) e Coquinho (Neguinho). Treinador Leandro Silva.

  O árbitro do jogo foi: Vanderlei Medina auxiliado por José Maria e Vagner José. A representante da LAD foi Priscila Goulart.


Invencibilidade: Operário decreta a primeira derrota do Vila na competição
   Em uma campanha irregular o Vila Nova acabou sofrendo um tropeço jogando em casa ao ser derrotado pelo Operário por 1 x 0 com gol do atacante Cinquentinha.

   Esta foi a primeira derrota do Vila na competição e acabou tirando a equipe do G8. Já o Operário abriu 6 pontos em relação à zona de rebaixamento.

   Na próxima rodada o Vila tenta retornar ao G8 enfrentando o Internacional. O Operário tem pela frente o vice-lanterna Santa Terezinha.

   O Vila Nova jogou com: Ricardinho, Jabazinho (Richard), Dudu (Vitor Hugo), Bruno, Thiago Piriá, Éder, Vinicius, Matheus Ibiá (Digão), Ronaldo, Urciano e Sávio. Treinador Nélio Reis.

   O Operário entrou em campo com: Testa, Clayton, Caju, Dione, Mamão, Givago, Zé Wilson, Jackson (Amâncio), Bruno, Cinquentinha (Tiãozinho) e Carlos (Robson). Treinador Zezé.

   O árbitro do jogo foi Nivaldo de Souza auxiliado por Walter José e Sérgio Mauricio. A representante da LAD foi Geise Kelly.


Invencibilidade: Operário decreta a primeira derrota do Vila na competição
   Em uma campanha irregular o Vila Nova acabou sofrendo um tropeço jogando em casa ao ser derrotado pelo Operário por 1 x 0 com gol do atacante Cinquentinha.

   Esta foi a primeira derrota do Vila na competição e acabou tirando a equipe do G8. Já o Operário abriu 6 pontos em relação à zona de rebaixamento.

   Na próxima rodada o Vila tenta retornar ao G8 enfrentando o Internacional. O Operário tem pela frente o vice-lanterna Santa Terezinha.

   O Vila Nova jogou com: Ricardinho, Jabazinho (Richard), Dudu (Vitor Hugo), Bruno, Thiago Piriá, Éder, Vinicius, Matheus Ibiá (Digão), Ronaldo, Urciano e Sávio. Treinador Nélio Reis.

   O Operário entrou em campo com: Testa, Clayton, Caju, Dione, Mamão, Givago, Zé Wilson, Jackson (Amâncio), Bruno, Cinquentinha (Tiãozinho) e Carlos (Robson). Treinador Zezé.

   O árbitro do jogo foi Nivaldo de Souza auxiliado por Walter José e Sérgio Mauricio. A representante da LAD foi Geise Kelly.


Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia