Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
Campanha de conscientização antecederá as multas por infrações de trânsito na av. Antônio Carlos
07/08/2012, às 07:54:46

 

   Os motoristas não podem estacionar no entorno do canteiro central da av. Antônio Carlos, Centro, e os pedestres devem atravessar na faixa vermelha. Essas e outras importantes orientações serão repassadas aos condutores e população em geral pela Assessoria Municipal de Transporte e Trânsito (Asttran), assim que as obras realizadas na avenida forem concluídas. A assessora Viviane Antunes Gomes explica que as multas só serão aplicadas após uma campanha de conscientização que será realizada no local devido às mudanças.

   Segundo ela, mesmo antes da campanha ser realizada, boa parte da população já tem respeitado a nova sinalização e demais alterações feitas na região central que privilegiam o trânsito de pedestres. “Na av. Antônio Carlos, o projeto foi todo desenvolvido com o intuito de valorizar e tornar mais seguro o deslocamento a pé. Daí, aqueles cruzamentos elevados para que o condutor do veículo reduza a velocidade e o pedestre possa transitar com mais tranquilidade e segurança”, ressalta. Segundo ela, em função da largura da avenida, em alguns trechos haverá três faixas de tráfego e, em outros, apenas duas.

   Ela acrescenta que os espaços de estacionamento público estarão mais concentrados na parte inferior do teatro municipal e do lado direito de quem está subindo a av. Antônio Carlos, no sentido à Igreja Matriz de São Domingos. Segundo ela, do lado direito de quem está descendo a avenida existem pontos de ônibus, vagas para carga e descarga de valores e quase não há estacionamento para veículos particulares. “Nós conseguimos delimitar algumas vagas no quarteirão da Caixa Econômica Federal, entre as ruas Olegário Maciel e Calimério Guimarães. Então, a maioria das vagas está disposta do outro lado da avenida”, completa.

   Para a assessora, alguns motoristas continuam estacionando ao lado do canteiro central porque ainda não entenderam a nova sinalização. Ela esclarece que com a conclusão da sinalização e das calçadas na região da avenida, como por exemplo, envolta da igreja matriz e próximo ao Hospital Regional Dom Bosco, será iniciada uma campanha de conscientização para orientar principalmente os motoristas. Segundo ela, já foram definidas as faixas de pedestres nos cruzamentos das ruas Calimério Guimarães, Dom José Gaspar e Santos Dumont, nos dois lados da avenida.

   Viviane ressalta que o período educativo é necessário para quem ainda não entendeu como trafegar na região. Segundo ela, a campanha da Asttran contará com a participação dos alunos do Senac dentro de um projeto específico, além das parcerias do Sesc e da Polícia Militar. “É o projeto Gentileza no Trânsito. Então, nós ficaremos uns três dias fazendo esse trabalho educativo”, informa. Ela acrescenta que depois da campanha começa a fiscalização com a aplicação de multas aos infratores para garantir que a avenida funcione da forma como foi planejada.

   A assessora ressalta que depois da campanha os motoristas infratores serão autuados, como os que insistirem em estacionar no canteiro central da avenida, o que inclusive é proibido pelo Código Brasileiro de Trânsito. Ela explica que está havendo uma condescendência com esses motoristas até o fim das obras, porque muitos ainda desconhecem a proibição. “Então, nós vamos passar por esse momento educativo. Mas, precisamos depois ser um pouco mais duros para garantir que a avenida funcione, porque aquele estacionamento incorreto estreita a pista.” Ela acrescenta que estão ocorrendo momentos de congestionamento na avenida que seriam evitados se a faixa ao lado do canteiro central estivesse livre para a passagem dos veículos, como deve ser.

> DETALHES NA EDIÇÃO IMPRESSA DO JORNAL CLARIM QUE CIRCULA SEXTA-FEIRA

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia