Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm (1)
banner_pma
Dia dos Pais aquece as vendas
10/08/2012, às 09:49:19

 

   De uma maneira geral, as datas comemorativas estimulam as vendas e movimentam diversos setores da economia. O Dia dos Pais comemorado todo segundo domingo de agosto está em quinto lugar na classificação dos picos de vendas ao longo do ano, perdendo para o Natal e os dias das Mães, das Crianças e dos Namorados. De acordo com o diretor de Marketing e Relacionamento da Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia), Antonio Nogueira Lima Junior, embora já existam pais que ganham até presente para a casa, o acréscimo nas vendas neste período ainda ocorre nas lojas especializadas em produtos masculinos.

   Essa informação é confirmada pela empresária Érika Mello Porfírio que trabalha especificamente com produtos masculinos. “Para mim, é um segundo Natal. Minhas expectativas são as melhores possíveis. Acredito que vou registrar um aumento de 30% neste período, semelhante aos outros anos”, informa a empresária. Embora esteja otimista, Érika disse que o feriado na quarta-feira, 8, associado às condições desconfortáveis e ainda instáveis de estacionamento no Centro da cidade, acabam comprometendo o sucesso nas vendas.  



Os pais
   Mas, a alegria de ser pai independe dos presentes que eles recebem. O bancário Danilo Christian de Almeida Silva, 27 anos, disse que quando recebeu a notícia de que seria pai ficou bastante surpreso e também muito feliz. Segundo ele, o nascimento do filho Arthur Alves Almeida que hoje está com um ano e nove meses provocou nele uma alegria única. “Foi emocionante, não entrei na sala de parto, aguardei na sala de espera contando cada segundo a chegada do Arthur. Foi um momento inesquecível”, lembra Danilo.

   “Muita coisa mudou, passei a me sentir mais maduro e com uma responsabilidade maior, passei a pensar no futuro, em como as coisas iriam ser assim que o Arthur chegasse. Procurei oferecer o máximo de carinho e atenção a minha esposa para que tudo ocorresse bem no período da gravidez”, completa. Danilo se avalia como um bom pai. “Procuro me doar ao máximo, oferecendo muito carinho e atenção a ele. Sou participativo e preocupado. Sonho com que ele realize seus sonhos e projetos, que seja muito feliz e tenha sucesso. E que ele conte sempre comigo como pai e amigo”, diz Danilo.




   O veterinário e produtor rural, Ivan Luiz Coelho Neto, 29 anos, tem dois filhos, Luiza de Paula Coelho, 2 anos, e João Luiz Coelho, 2 meses. Ao se recordar quando soube que seria pai pela primeira vez, ele diz que ficou surpreso porque a Luiza não foi programada, mas depois sentiu uma grande alegria. “E com o João que foi planejado, senti também muita felicidade por esse privilégio”, conta. Ivan diz que a chegada dos filhos provocou uma “mudança radical” na sua vida. “A gente deixa de fazer as coisas que queremos e na hora em que queremos, passamos a viver em função deles. Mas cada vez que escutamos uma palavra de amor e um olhar de carinho, é muito recompensador”, afirma.

   Ao se lembrar do nascimento dos filhos, diz que sentiu uma emoção muito grande e chorei muito nas duas vezes. Ele se julga um bom pai, que ainda comete alguns erros, mas que a cada dia aprende um pouco mais a lidar com os filhos. “O que não falta, porém, é amor para sempre tentar fazer o melhor. Espero que cresçam em uma família estruturada e respeitosa, tendo sempre bons exemplos, conforto e amor. E que possam formar suas famílias nos moldes da que cresceram”, deseja Ivan.

 

LEIA OS ARTIGOS SOBRE A DATA

Dia dos Pais
> Dom Paulo Mendes Peixoto

 
O respeito aos pais
> Marcelino Pereira da Cunha

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia