Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm (1)
banner_pma
Melhor ataque vence a melhor defesa: Gef 1 x 0 Dínamo
20/08/2012, às 09:54:37

 

   Um bom público presente na AFV Dona Beja para acompanhar o principal jogo da rodada. No grande clássico entre 2 dos principais favoritos ao título o time do Gef venceu e mantém sua boa regularidade contra o rival. O gol foi marcado pelo artilheiro absoluto da competição, Arthur, que chegou a marca dos 21 gols. E além de derrubar a invencibilidade do Dínamo, Arthur também deu fim ao longo período do goleiro Ediney sem tomar gols. A marca chegou a 589 minutos, quase 600 minutos.

   Aos 20 min. Malaia chegou em velocidade e rolou para Arthur na esquerda, mas Ediney fechou o ângulo e defendeu a escanteio. Em outro bom lance Bruno Cesar recebeu de frente pro gol, limpou a jogada e bateu forte para grande defesa de Ediney a escanteio novamente. Melhor em campo o Gef chegou novamente com muito perigo aos 41 min. pela direita com Belchorzinho que cruzou na área. Arthur tentou de primeira, mas pegou fraco na bola e Ediney defendeu fácil. Aos 45 min. Dieguinho chegou em velocidade pela esquerda e cruzou para Victor de frente pro gol cabecear para fora.

   Na segunda etapa o Gef se manteve mais presente no ataque e logo com 1 minuto de jogo Belchorzinho chegou pela direita e cruzou na área para Malaia fintar a marcação e bater para mais uma grande defesa de Ediney. Aos 4 min. Belchorzinho roubou a bola no meio de campo e em uma grande jogada individual foi driblando todos os marcadores até chegar na cara do gol e bater para uma grande defesa de Ediney, mas no rebote Arthur, bem posicionado, não desperdiçou e mandou pro gol: 1 x 0 Gef. Na comemoração Arthur batia a mão no pulso (onde fica o relógio) e dava sinais de acabou em referência a invencibilidade do goleiro Ediney. O Dínamo quase empatou em seguida aos 9 min. quando Kelvin tocou no meio para Victor invadir a área e na cara de Robert tocar por sobre o gol. Aos 23 min. Fernando Henrique cobrou falta forte e quase que Ediney foi enganado pelo golpe de vista com a bola batendo no pé da trave. Melhor em campo o Gef foi criando mais oportunidades. Em uma delas Amaral cruzou na área, Ediney toca na bola que sobra com Arthur. O artilheiro bateu pro gol com a bola batendo nas redes pelo lado de fora. Em outro bom momento Belchorzinho puxou o contra-ataque e tocou para Malaia na esquerda que bateu pro gol, mas Ediney tocou a escanteio. Na cobrança do escanteio Zé Mario tocou a mão na bola cortando a trajetória da bola, mas o árbitro não marcou a penalidade. Aos 42 min. Dieguinho chegou em velocidade na esquerda e cruzou para Vertinho que cabeceou com muito perigo, mas pra fora. Após o término da partida na entrada para o vestiário aconteceu uma confusão generalizada entre os jogadores das duas equipes.

   Líder o Gef enfrenta na próxima rodada o 3º colocado Tigrão no principal confronto da rodada. Já o Dínamo entra em campo contra o Cit em outro grande clássico.

   O Gef jogou com: Robert, Rafael Bundinha, Dudu (Emerson), Ítalo, Amaral, Timim, Fernando Henrique, Arthur (Ere), Bruno Cesar (Rene), Belchorzinho e Malaia. Treinador: Claudio Macedo.

   O Dínamo entrou em campo com: Ediney, Dalmer, Anderson, Dedé (Vertinho), Kelvin, Zé Mário, Liniker, Pelézinho, Lucas Ribite (Kanidia), Victor (Deninho) e Dieguinho. Treinador: Fernando Bobobó.

   O árbitro do jogo foi Marcilio Adriano auxiliado por Moacir Pereira e Mário Lucio. A representante da LAD foi Neide Goulart.

Confusão
   Logo após o fim da partida em que o Gef bateu o até então invicto Dínamo, aconteceu uma confusão generalizada entre as duas equipes na entrada do vestiário. Dieguinho, do Dínamo, não gostou da comemoração do Gef e deu um empurrão em Ítalo que se irritou e revidou acertando o atacante da equipe azul dando inicio a uma confusão envolvendo diversos jogadores e diretores das duas equipes. Na confusão muito empurra-empurra, ameaças, torcedores inflamando os dois lados a continuarem o confronte. O presidente do Gef Ronaldo segurou Zé Mário pelo pescoço, que ficou muito exaltado. Mas aos poucos os ânimos foram se acalmando e quando a policia chegou a AFV a situação já estava normalizada. Caixeta, auditor da Liga Araxaense de Desportos, estava presente e acompanhou a toda confusão e poderá punir aos envolvidos diretos em um possível julgamento desta situação.

 



Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia