Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
A rodada da primeira divisão
15/10/2012, às 09:29:35

 


Inter conquista classificação heróica no último minuto
   Uma partida pra ficar na memória dos torcedores da Rua Bahia. Precisando apenas de um empate para se classificar o Inter sofreu o gol de Bruno Cesar no fim da primeira etapa e passou a segunda etapa toda pressionando em busca do empate que aconteceu com o volante Vitinho marcando no último lance da partida garantindo assim o retorno do Internacional as semi-finais. A única vez que a equipe disputou uma semi-final do amadorão foi em 2007.
 
   A primeira etapa foi fraca em emoções. O Inter entrou em campo pensando no empate e não oferecia perigos ao Gef, que por sua vez também não era muito incisivo no ataque. O artilheiro do amadorão, Arthur, deu um susto na torcida do Inter aos 32 min. quando arriscou de fora da área e o goleiro Dersom, no susto, fez grande defesa. Com o Inter se mostrando sem muita pretensão em campo o Gef acabou chegando aos 40 min. com Bruno Cesar recebendo de frente pro gol e batendo forte para fazer 1 x 0 Gef.

   No segundo tempo o Inter voltou com 3 alterações de uma vez e uma nova postura em campo. Entraram Ricardo, Wilker e Cleone nos lugares de Cristiano, Gustavo e Flávio. O Internacional passou a pressionar o Gef em busca do empate e foi cedendo perigosos contra-ataques ao adversário. Aos 5 min. Vitinho cruzou da esquerda e Robson tentou, mas não conseguiu mandar pro gol e a bola sobrou com Douglas que bateu pro gol vazio, mas a zaga aliviou sobre a linha. Aos 12 min. uma falta da esquerda e Ricardo bateu forte na bola que passou em frente ao gol e nenhum jogador do Inter apareceu para aproveitar. Aos 16 min. uma bola batida na linha de fundo sem grandes pretensões e o goleiro Dersom se enrolou não dominando e soltando a mesma que por pouco não entrou no gol, mas foi pela linha de fundo. Pouco depois um perigoso contra-ataque do Gef e Malaia chegou rapidamente invadindo a área e batendo para grande defesa do goleiro Dersom. Aos 29 min. Rafael Bundinha cobrou falta e o goleiro Dersom novamente fez uma grande defesa debaixo do travessão com a bola batendo ainda sobre a linha. Com o Inter todo no ataque o Gef seguiu chegando em contra-ataques perigosos. Aos 33 min. Arthur chegou livre na cara do gol e tocou na saída do goleiro Dersom, que fechou o ângulo, e a bola foi pra fora. Os minutos finais foram de pura pressão do Internacional que jogava contra o tempo. Aos 42 min. Lucas recebeu na área e bateu com muito perigo com a bola batendo nas redes pelo lado de fora. E aos 48 min. Ricardo cobrou falta do meio de campo, a bola bate na barreira e sobra com Vitinho que teve a tranqüilidade para dominar e escolher o canto empatando a partida no último lance do jogo para uma grande festa da torcida presente. Todos os jogadores foram até o alambrado vibrarem com seus torcedores. E este foi o último lance da partida que se encerrou imediatamente após a saída de bola do Gef. O Internacional volta a disputar uma semi-final do amadorão após 5 anos quando foi eliminado pelo Dínamo. E será justamente o Dínamo o adversário do Inter nesta sua segunda participação em semi-finais do Amadorão.

   O Internacional buscou a classificação com: Dersom, Aguinaldo Marreco, Fred Bundinha, Jonathan, Gustavo (Wilker), Jean (Lucas), Vitinho, Cristiano (Ricardo), Robson, Flávio (Cleone) e Douglas. Treinador: Eduardo.

   O Gef entrou em campo com: Robert, Eré (Roger), Douglas, Emerson, Amaral, Timim, Rene, Bruno Cesar, Rafael Bundinha, Malaia e Arthur. Treinador: Cláudio Macedo.

   O árbitro da partida foi João Mariano de Andrade auxiliado por Sebastião Aparecido e Anésio Rubens. A 4ª árbitra foi Rosimeire Cássia. A representante da LAD foi a Tatiana do Carmo.  

 

Vila Nova goleia, mas não se classifica
   Enfrentando uma equipe desmotivada e com apenas 9 jogadores em campo, o Vila não encontrou dificuldades para criar um placar elástico sobre o Guarani. Destaque para Matheus Ibiá e Tiago Piriá que foram autores de 5 e 4 gols respectivamente. O Vila abriu o marcador no inicio da partida, aos 11 min. com Matheus Ibiá. Thiago Piriá ampliou aos 28 min. e fez o terceiro no finalzinho da primeira etapa cobrando pênalti.

   Na segunda etapa o Vila seguiu atacando e marcando. Matheus Ibiá fez o 4º gol aos 3 min. e ampliou aos 16 min. para 5 x 0. Aos 18 min. Tiago Piriá fez 6 x 0. Pouco depois foi a vez de Thiago Humberto marcar: 7 x 0.
Aos 25 min. Matheus Ibiá faz o 8º gol e ainda marcou, aos 30 min. marcou o 9º gol. O Guarani marcou o gol de honra aos 37 min. com o goleiro Bolão cobrando pênalti. Durante a partida o Guarani ainda teve a contusão de Juninho e acabou jogando boa parte da partida com 8 atletas e voltando a ter 9 em campo durante a segunda etapa com a chegada de Márcio. Independente da situação do adversário o Vila fez a sua parte e venceu tirando a diferença do saldo e somente não conquistou a vaga porque o Internacional empatou com o Gef.

   O Vila Nova ficou de fora das semi-finais com: Ricardinho, Jabazinho (Richard), Dudu, Bruno, Thiago Piriá, Éder, Matheus Ibiá, Vinicius (Victor), Ronaldo, Carlos e Thiago Humberto. Treinador: Nélio Reis.

   O Guarani cumpriu seu último compromisso com: Bolão, Eduardinho, Juninho, Xaneco, André, Ariel, Preto, Tiãozinho, Fabinho e Márcio. Treinador: Chico Spina.

   O árbitro do jogo foi Edilson José auxiliado por José Maria e Sebastião Prosolino. A representante da LAD foi a Eliane Martins.


Dínamo vence e esta de volta as semi-finais
   Em um grande clássico disputado no Vicente Lobo, o Dínamo conquistou, de virada, a vitória sobre o Grei. Melhor equipe na segunda fase o Dínamo venceu seus 3 adversários e retorna as semi-finais do amadorão. A equipe do treinador Fernando Bobobó, apontada como um dos principais favoritos, enfrentará nas semi-finais o Internacional. O Grei saiu na frente aos 25 min. com Netinho convertendo cobrança de penalidade sofrida por Bebeto e cometido por Caio Xaropinho. O Dínamo empatou ainda no primeiro tempo com Kelvin.  E na segunda etapa com gol de Dieguinho, e falha do goleiro Dudu, aconteceu a virada do Dínamo e a confirmação da classificação.
O Dínamo enfrentara o Internacional em duas partidas e nenhuma das equipes levara vantagem.

   O Dínamo se classificou com: Ediney, Kaniggia, Anderson, Igão, Kelvin (Zé do Tim), Dalmer, Lineker, Lucas Ribite (Dieguinho), Caio Xaropinho (Valtinho), Pelé (Vertinho) e Victor. Treinador: Fernando Bobobó.

   O Grei foi desclassificado com: Dudu, Marcelinho Paraná (Lucas Manga), Juninho Transcol (Alex), Cassiano (Miquimba), Rafael Lemos, Rafael Carezatto, Monstrinho, Cristian, Bebeto, Netinho (Vagner Love) e Fabrício Caceba (Ostinho Careca). Treinador: Wellington Bem Bão.

   O árbitro do jogo foi Marcilio Adriano auxiliado por Mário Lúcio e Washington Humberto. O 4º árbitro foi Valter José e a representante da LAD foi a Abigail.


Tigrão goleia por 9 x 1 o Ipiranga e confirma a força da equipe
   Precisando vencer e tirar o saldo de gol, o Tigrão entrou determinado a buscar a classificação as semi-finais e com um elenco de qualidade goleou o Ipiranga. Uma grande vitória que levou a equipe para mais uma decisão frente ao Gef em uma rivalidade recente de nosso futebol amador.

   Os gols desta grande e história vitória do Tigrão foram marcados por Alexandre (2), Filhão (2), Douglas, Serginho, Marcos, Gilson e Vaninho.
O gol solitário do Ipiranga foi marcado por Aloanos. Nas semi-finais o Tigrão irá tentar quebrar o tabu de não vencer o Gef para seguir na luta pelo título.

   O Tigrão goleou e se classificou com: Arlem, Vaninho, Igor Goiaba, Raul, Douglas Silva (Marcos), Cafu, Allan, Filhão (expulso), Caio (Gerson), Serginho (Gilson) e Alexandre (Elvinho). Treinador: Edivaldo Pelanca.

   O Ipiranga se despediu da competição com: Rony, Marcinho, Carlão, Juninho, Everton Negão, Cristiano, Wilton Gaêga, Renailton, Kinkas (Lucas), Aloanos (expulso) e Bruno (Diego Silvério). Treinador Cristiano Macaquinho.

   O árbitro do jogo foi Wesley Elias auxiliado por Pedro Caetano e Vicente dos Reis. A representante da LAD foi a Neide Goulart.

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia