Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm (1)
banner_pma
Anderson marca e Dínamo vence a 1ª da decisão contra o Tigrão
05/11/2012, às 08:38:44

 

Uma decisão inédita do nosso futebol amador que lotou o Campo das Mangabeiras de torcedores para acompanhar esta primeira partida da grande decisão em que o Dínamo saiu vencedor por 1 x 0 com gol de cabeça do zagueiro Anderson e que ficou marcada pelo desentendimento entre o treinador Edivaldo Pelanca e o zagueiro Wilton Sargento da equipe do Tigrão que acabou resultando com a saída de Edivaldo do comando técnico da equipe durante a partida.

O primeiro lance de perigo aconteceu logo no 1º minuto com o Tigrão: Alan chutou forte de fora da área e Ediney se atrapalhou, mas conseguiu defender em dois tempos. Aos 20 min. Victor se livrou da marcação e avançou pela esquerda e ao tentar cruzar na área a bola desviou no goleiro Arlem e ia entrando no gol quando Douglas chegou salvando. Mas aos 32 min. não teve jeito e Caio Xaropinho cobrou muito bem uma falta encontrando o zagueiro Anderson na área para cabecear forte e fazer 1 x 0 Dínamo.

Na segunda etapa a partida ficou muito presa no meio de campo, sem grandes lances e com poucas emoções. Com um futebol de pouca qualidade de ambas as equipes o Dínamo ia conseguindo segurar o resultado e o Tigrão não conseguia chegar realmente com perigo na área do goleiro Ediney que pouco trabalho tinha. O maior destaque na segunda etapa aconteceu, na realidade, fora de campo, aos 34 min. quando o treinador Edivaldo Pelanca iria colocar em campo Wilton Sargento e acabaram se desentendendo. Edivaldo voltou atrás na decisão da substituição, mas acabou vendo a substituição ser autorizada pelo presidente do clube, Renato Ribeiro, e se irritou abandonando a partida e dando a entender de que a equipe ficará sem treinador para a última e decisiva partida. E de ânimos quentes o treinador Fernando Bobobó e Renato Ribeiro acabaram sendo expulsos após bate-boca. O Dínamo teve uma boa chance de ampliar aos 42 min. quando Dieguinho chegou bem pela esquerda e cruzou na área onde Zé Mário chegou batendo pra fora. Aos 47 min. o Tigrão teve a bola do jogo: Igor Goiaba cobrou falta jogando a bola na área que sobrou com Gordim, livre de marcação e de frente pro gol, bater pra fora desperdiçando uma grande oportunidade de empatar.

Agora na partida de volta o Dínamo poderá empatar que será o grande campeão. Para reverter esta situação o Tigrão precisa vencer. Por um gol de diferença levará a partida para a decisão de penalidades. Se vencer por dois gols ficará com o título. Para o Tigrão seria a primeira conquista do amadorão, tanto como Tigrão como Comercial. Para o Dínamo poderá ser o 4º título em sua história. O último foi em 2006, mas antes a equipe foi campeã em 1973 e 1975.

O Dínamo jogou com: Ediney, Dalmer, Anderson, Dedé, Kelvin, Caio Xaropinho (Zé Mário), Liniker (Dunguinha), Lucas Ribite (Igão), Pelezinho, Victor e Dieguinho (Vertinho). Treinador: Fernando Bobobó.

O Tigrão entrou em campo com: Arlem, Vaninho, Igor Goiaba, Raul (Wilton Sargento), Douglas, Cafu, Alan, Marcos (Augusto Todda), Filhão (Gordim), Alexandre (Elvinho) e Serginho (Matheus Motta). Treinador: Edivaldo Pelanca.

O árbitro da partida foi Wesley Elias auxiliado por José Maria e Mauro Viriato. O 4º árbitro foi Ronaldo Vicente e o 5º árbitro foi Amilton Cesar. A representante da LAD foi Gisele Ester.

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia