Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
Ferrocarril conquista a Taça Cidade nos pênaltis
05/11/2012, às 08:45:10

 

Com a vantagem do empate o Ferrocarril entrou em campo e após tomar o gol no primeiro tempo conseguiu suportar a pressão do Operário e levou a disputa para as cobranças de penalidades onde venceu por 4 x 3 e conquistou a Taça Cidade pela primeira vez. Em 2005 o Ferrocarril chegou à decisão da competição ficando com o vice ao ser derrotado pelo Ferroviário.

O único gol da partida aconteceu aos 27 min. com Ademilson fazendo 1 x 0 Operário. Na segunda etapa muita correria, principalmente por parte do Operário, mas o Ferrocarril, com apoio de sua torcida que era a maioria nas arquibancadas, conseguia se sobressair e evitar que os donos da casa ampliassem. Como aos 31 min. em um lance em que Bruno cobrou escanteio e a bola passou em frente ao gol e ninguém aproveitou. Aos 34 min. Mirlando realizou uma boa jogada invadindo a área e rolando para a área, mas a zaga aliviou antes que os atacantes chegassem. Com o placar de 1 x 0 para o Operário a decisão do título foi para as cobranças de penalidades. O Ferrocarril converteu 4 de suas 5 cobranças com Índio, Lequim, Marlinhos e Filipe. A cobrança de Zóio foi por sobre o gol. Pelo lado do Operário 3 das 5 cobranças foram convertidas com Bruno, Cleiton e Ademilson. A cobrança de Antônio Amâncio foi defendida por Batata e a cobrança de Jhony foi para fora. Com isto o Ferrocarril levantou o seu segundo título no ano, já havia sido campeão da Copa Norte, para a festa do grande número de torcedores presentes no Oacisto Teixeira, mostrando que o formato da competição agradou as equipes que participaram dela. A festa continuou depois no Ernest Duílio Stefani onde jogadores, diretores e alguns torcedores participaram de uma confraternização na comemoração da conquista.

O Operário foi vice-campeão com: Testa, Cleiton, Mamão, Jhony, Tiãosinho, Givago, José Wilson, Bruno, Michel (Iuri), Cinquentinha (Antônio Amâncio) e Ademilson. Treinador: Carlinhos.

O Ferrocarril foi campeão com: Batata, Marquinhos (Diego), Alexsandro, Índio, Gugu, Mirlando, Téo (Renato), Lequim, Zóio, Tião (Lorran) (Filipe) e Marlinhos. Treinador: Evaldo.

O árbitro do jogo foi Gilberto Morais auxiliado por José Roberto e Mário Lucio. O 4º árbitro foi Pedro Caetano e o 5º árbitro foi Moacir Pereira. A representante da LAD foi Geise Kelly.

 

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia