Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
Assinatura de convênio municipaliza DI de Araxá
12/11/2012, às 12:42:28

 

O prefeito municipal de Araxá, Jeová Moreira da Costa e o vice-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Antonio Leonardo Lemos de Oliveira assinaram, na sexta-feira, 9, convênio que municipaliza o Distrito Industrial (DI) da cidade. A assinatura do convênio foi realizada nas presenças dos secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, Desenvolvimento Humano, Ronaldo José Fonseca Ferreira, Desenvolvimento Rural, Wander Prugger, de Saúde, Patrícia Auxiliadora da Silva, do vereador José Domingos Vaz e de alguns empresários.

Além de legalizar as escrituras das áreas das empresas que já estão instaladas no DI, a medida contribui com a agilização do processo de doação de terrenos para a instalação de outras empresas. Para o prefeito Jeová Moreira da Costa a municipalização do Distrito Industrial ocorre num momento bastante apropriado, uma vez que Araxá está num ritmo muito positivo de crescimento econômico. “É uma oportunidade que nós estamos abrindo para todos os empresários locais e empresários de Minas e do Brasil, para realmente vir para Araxá fazer seus investimentos e buscar a nossa sustentabilidade, através de geração de emprego e trazendo ai o equilíbrio social”, destaca o prefeito.

Jeová Moreira da Costa ressaltou também que o convênio facilitará os processos de abertura de novos investimentos na cidade. “É menos burocracia e agilidade. Com isso temos a condição de continuar o crescimento que aconteceu de 2009 a 2012. Com a municipalização do Distrito Industrial e a perspectiva de um novo Distrito e da Cidade Tecnológica, com certeza terá um campo aberto para os empresários fazerem seus investimentos na cidade de Araxá”, comentou o prefeito.

O vice-presidente da Codemig, Antonio Leonardo explicou os objetivos do governo estadual com a municipalização dos Distritos Industriais. “Esse projeto do governo do Estado visa justamente facilitar a vida do empresariado. Nós tínhamos muita dificuldade. Na minha época de prefeitura era diferente. Para o empresário conseguir um metro quadrado, ele tinha dois anos para apresentar o projeto e dois anos para poder tirar a escritura. O empresário que quer construir, depende da linha de financiamento da instituição financeira. E a escritura é a garantia real. Agora com esse processo, nós, além de organizarmos melhor os distritos, que são 42; nós vamos evitar invasões, vamos evitar problemas ambientais, vamos evitar transferências ilegais entre empresários, que acontece em outras cidades. Não é o caso de Araxá. E também facilitar para que o empresário venha à prefeitura, requeira o terreno e apresente o projeto. A câmara aprovando, no outro dia está com o terreno em mãos”, explica Antonio Leonardo.

> DETALHES NA EDIÇÃO IMPRESSA DO JORNAL CLARIM

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia