Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
EDITORIAL - Cultura, turismo e vice-versa
19/11/2012, às 09:19:09

 

Araxá passa por uma efervescência cultural que faz bem ao turismo da cidade. É porque cultura e turismo se completam, estão associados num clima de formação e troca com o ser humano. E sob os efeitos benéficos da cultura, o calendário de eventos da cidade tem sido incrementado e tem tudo para ser permanente. A exemplo do Encontro de Artes Cênicas do Sesi que já passou da vigésima edição, a expectativa é de que o mesmo ocorra com o Araxá Cine Festival e o Festival Literário de Araxá, dentre outros.

Essas iniciativas têm em comum o legado que deixam na formação da gente araxaense que absorve e faz cultura. O que é difícil ocorrer em cidades pequenas, mas Araxá conta com o primordial patrocínio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) para que essas importantes oportunidades ocorram na cidade através da Lei Rouanet de Incentivo à cultura.

Aos poucos, o exemplo da CBMM, ou seja, a oportunidade de patrocinar ações culturais e esportivas voltadas para a comunidade através do desconto direcionado no Imposto de Renda alcança outras empresas. E essa força pode e deve ser multiplicada. Se cada empresa der a sua contribuição conforme a sua capacidade em apoiar essas ações, os seus efeitos serão muito maiores a partir desta efetiva participação. E se a cultura move o turismo, por sua vez, este beneficia economicamente os mais diversos segmentos da cidade. O que forma um círculo virtuoso adequado para Araxá que busca como identidade ser a cidade do bem estar. Recentemente, mais um importante passo foi dado nesse sentido, a inclusão de Araxá dentre os municípios que recebem o ICMS Turístico. Não pelos recursos em si que virão da divisão desse bolo, porque não são significativos, mas pelo reconhecimento dessa vocação que parecia adormecida e começa a despertar de novo com esse viés cultural. Uma ação gera uma reação e assim é possível melhor preparar a cidade para receber essa importante contribuição que extrapola os limites econômicos no alcance social.  

Em pouco tempo, também com o patrocínio da CBMM através da Lei de Incentivo à Cultura, foram resgatadas a Orquestra e a Banda da Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo que absorveram cada uma 40 jovens integrantes, que recebem meio salário mínimo pela dedicação à música. A Escola Municipal de Dança do Sesi e, mais recentemente a de teatro, são outros bons exemplos. Assim como a Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) dá dinamicidade ao novo teatro municipal que abrigará todas as artes em termos de formação, não só como palco de apresentações, o que também é importante e têm encantado o público que constantemente lota a Casa.

Paralelamente ao conteúdo, é preciso que o município invista na infraestrutura turística, o que tem sido feito com muito mais ênfase nos últimos anos. No entanto, ainda é pouco diante da demanda de Araxá. Nesse aspecto, a grande expectativa é o término da revitalização da região central e a sua expansão para outros espaços, conforme o projeto Cinco Sentidos patrocinado pelo Sebrae Minas e feito pelo renomado Jorge Whilmen e Equipe. O projeto foi recentemente apresentado pelo Grupo de Desenvolvimento Estratégico de Araxá (Gdae) e deve sair do papel a partir do Parque do Cristo. Esse movimento cultural e turístico não pode parar, pois promove a sustentável transformação de Araxá como cidade do bem estar.  


Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia