Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_1
prefeitura_araxa
A Lua vai ocultar o planeta Júpiter no dia 25 de dezembro
20/12/2012, às 08:33:36

 

Estamos em um período propício para boas observações do céu. Além das inúmeras estrelas, vamos ter um fenômeno fácil de ser observado no próximo dia 25: a ocultação de Júpiter pela Lua.

Júpiter, o maior planeta do nosso Sistema Solar, pode ser visto no nascente (lado onde nasce o Sol), desde novembro, ao anoitecer, próximo à estrela Aldebaran (uma gigante vermelha) da constelação do Touro. Como é um dos astros mais brilhantes do céu noturno, Júpiter é visto facilmente a olho nu.

No período da ocultação, em 25 de dezembro, a Lua passará bem em frente ao planeta encobrindo-o completamente. Isso acontecerá por volta das 20h42min (hora legal) em Belo Horizonte (MG). Também é sugerido para quem quiser observar o fenômeno olhar na direção da Lua muitos minutos antes para sentir como evolui o fenômeno. Mais tarde, o astro poderá ser visto novamente, reaparecendo no lado iluminado (brilhante) da Lua, o que deverá ocorrer pouco além das 22h (hora legal) para BH.

– Em relação à ocultação de Júpiter, a explicação é que a Lua "caminha" no céu em direção ao planeta, como consequência de sua translação em torno da Terra, até ocultá-lo, passando em sua frente. Dependendo do local na Terra, esse fenômeno poderá durar mais de uma hora. Será bem instigante vê-lo reaparecer no bordo iluminado da Lua – enfatiza Jair Barroso, do Observatório Nacional.

Na América do Sul, o fenômeno terá boa visibilidade na Argentina, Brasil, Chile, Bolívia, Peru, Paraguai e Uruguai, variando o horário do desaparecimento conforme a cidade.

Segundo Barroso, os astrônomos profissionais podem aproveitar a ocultação para conhecer melhor as posições dos astros no espaço. “O movimento e a forma (perfil) do nosso satélite natural são muito bem conhecidos hoje em dia e podem, então, ser usados como referência para obter as posições com elevada precisão de outros astros numa ocultação”, elucida.

Ele ainda diz que para os amadores que possuem telescópios, a visão do início da ocultação de Júpiter pela Lua será particularmente interessante. “O satélite Europa será o primeiro a ser ocultado. E o satélite Calixto, o último”.

O astrônomo João Batista Garcia Canalle, coordenador da Olimpíada Brasileira de Astronomia Astronáutica (OBA), lembra também que, além de Júpiter, outros três planetas vêm enfeitando o céu. “Desde o fim de novembro, esses astros surgem das 4h às 5h30 da manhã, no lado nascente”, diz.

- Saturno é o primeiro a aparecer. Em seguida, Vênus, conhecido também como a Estrela d’Alva, começa a se destacar. E, por fim, surge Mercúrio, quase no raiar do Sol. Convém lembrar que para ver bem esses planetas é preciso ter um horizonte livre de edifícios e morros no nascente de madrugada – explica Canalle.

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia