Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_banner
980x150
Rajadas de ventos deixaram marcas em Araxá
10/06/2011, às 10:05:06

 

   As fortes rajadas de ventos que atingiram Araxá na tarde desta quinta-feira, 9, causaram quedas de árvores, destelhamentos e deixaram famílias desabrigadas.  Nas rodovias que passam pela cidade foram registrados três acidentes. Em um deles, no perímetro urbano da cidade, uma adolescente de 15 anos teve que ser hospitalizada e um homem foi preso. Em outro, na BR-262, houve um congestionamento de quase 20 quilômetros.  

   Já no começo da tarde, os fortes ventos fizeram a temperatura despencar. Nas ruas do centro da cidade muitas pessoas foram pegas desprevenidas. Quem podia se escondia em agências bancárias e estabelecimentos comerciais. Bancas de revistas nas avenidas Imbiara e Antônio Carlos encerraram o expediente mais cedo. A maioria dos tapumes que cercavam as obras de restauração da Igreja Matriz de São Domingos de Gusmão e de revitalização da avenida Antônio Carlos foi arrastada pelo vendaval.  De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) os ventos no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba chegaram aos 85km/h.

   O temporal durou pouco mais de 15 minutos, mas deixou marcas nos destelhamentos de casas e de estabelecimentos comerciais e quedas de placas publicitárias na zona urbana da cidade. De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Humano, José Domingos Vaz, equipes da prefeitura foram para as ruas para prestar ajuda. Além disso, duas vans foram disponibilizadas para levar desabrigados para a casa de parentes. Ainda não há um levantamento dos estragos.

   Ainda no perímetro urbano, por volta das 18h, um carro bateu em um poste da rede elétrica na avenida José Ananias de Aguiar. A passageira, uma garota de 15 anos, sofreu politraumatismo e traumatismo craniano encefálico leve. Ela foi levada para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Regional Dom Bosco.

   De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista que dirigia o carro afirmou ter perdido o controle da direção por causa da chuva. Mas, ele apresentava sintomas de embriaguez e foi submetido ao teste do etilômetro que apresentou 0,93 mililitros de álcool por litro de ar expelido, o que representa três vezes mais do que o índice considerado aceitável. O motorista, que não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi preso e o carro apreendido.

   Já na rodovia MG-428, uma carreta que seguia de Araxá sentido a Sacramento, não conseguiu realizar a curva no quilômetro 87. De acordo com a PRE o motorista disse ter perdido o controle da direção por causa do asfalto molhado e o veículo tombou na pista. Ele estava sozinho e não se machucou. Parte da pista teve que ser interditada.

   As rajadas de ventos também deixaram marcas na devastação de áreas verdes. A queda de uma árvore fechou os dois sentidos da rodovia BR-262 no quilômetro 680, próximo ao trevo Araxá/Patos de Minas. Uma fila de quase 20 quilômetros de carros teve que aguardar por quase quatro horas até que a árvore fosse totalmente retirada e a pista liberada. Dois caminhões que passavam pelo local no momento da queda não conseguiram desviar da árvore e bateram. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) os motoristas não sofreram lesões ou ferimentos. Os dois sentidos da rodovia foram liberados por volta das 20h.

Região

   Em Uberaba, por volta das 15h a chuva era acompanhada por descargas elétricas e as rajadas de vento na região do aeroporto chegaram aos 78km/h. A temperatura em aproximadamente 40 minutos passou de 27 para 18ºC.

  Já em Uberlândia, as rajadas de vento chegaram aos 85km/h, e a visibilidade ficou reduzida aos 400 metros.

 

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia