Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cabmm
banner_pma_araxa
Grupo Fratelo vai realizar Paixão de Cristo mesmo sem verba
11/04/2014, às 07:43:11

 

O espetáculo Paixão de Cristo realizado pelo Grupo Fratelo há 12 anos durante a Semana Santa, neste ano traz uma roupagem completamente diferente da dos anteriores. Mesmo com projeto aprovado pelo Ministério da Cultura, a equipe de coordenação não conseguiu captar os recursos para a montagem.

O tradicional espetáculo é realizado por um grupo de artistas de Araxá que hoje formam o Núcleo Fratelo de Pesquisas Cênicas e o Grupo Fratelo de Teatro Religioso. Eles informam que a 13ª edição vai acontecer em respeito ao público que sempre aguarda o evento que faz parte do calendário oficial da cidade. A direção e os atores decidiram por apresentar a peça que está sendo ensaiada desde fevereiro passado, com os recursos de cenário e figurino que já têm, sem a grande estrutura destacada em anos anteriores. “Em 2010, o extinto grupo O Irmão Menor ficou sem verba e não apresentamos nada. Neste ano, a história se repete, mas agora que temos um material humano ainda mais preparado, decidimos fazer a peça respeitando aqueles que nos acompanham todos esses anos de Paixão de Cristo”, explica o diretor Josceleno Donizete, que neste ano interpreta Jesus.

A montagem é realizada pelo Fratelo e tem como parceiros a Fundação Cultural Acia, a Cooperativa Cultura e Arte e o Grupo Tauá que cedeu as instalações do Grande Hotel e as áreas de jardim do Complexo do Barreiro para a realização do espetáculo - “que em 2014 traz uma roupagem completamente diferente do que já foi visto na Paixão de Cristo e em espetáculos na cidade”. O Fratelo apresenta uma peça itinerante que leva o público a caminhar junto dos atores pelos cenários e locais onde as cenas da vida de Jesus vão sendo apresentadas, desde a anunciação do anjo até a ressurreição. “O público vai ser quase que o povo da época, presenciando dentro da cena, interagindo com os atores em todos os momentos da peça”, conta Josceleno.

Com essa mudança, o público fica limitado a uma quantidade de 200 pessoas por seção, sendo que serão feitas quatro apresentações: nos dias 15, 16 e 17 às 19h, e na Sexta Feira da Paixão, 18, o espetáculo começa às 15h. Quem quiser assistir vai precisar pegar um ingresso que será trocado por um litro de óleo. Os pontos de troca são na Fundação Acia, na av. Getúlio Vargas, Centro, e no Espaço Fratelo, na Rua Wantuir Batista da Costa, 54, bairro João Ribeiro (barracão em frente ao estacionamento do Hotel da Torre, perto do bar Mania do Chopp).

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia