Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm
prefeitura_araxa
Canto Brasileiro e Batuxá participam do Festival de Inverno de São João Del Rey
25/07/2011, às 14:06:48

   Somado ao trunfo de ser mundialmente reconhecido por sua música, Naná Vasconcelos também ministra um workshop orgânico para um público diversificado. Segundo suas próprias palavras: é o entendimento dos ritmos através do corpo. Mais que isso, o workshop oferece infinitas possibilidades, desde despertar a criatividade, passando pelo autoconhecimento, conscientização respiratória, senso de grupo e, até mesmo, o relaxamento. “O que aprendemos através do corpo fica impresso no que podemos chamar de memória corporal. Por isso, não esquece mais, diferente dos ensinamentos teóricos. O corpo como instrumento é uma fonte inesgotável de descobertas”, lembra Naná.

 

 


Naná Vasconcelos
   Desde jovem se envolveu os tambores nos movimentos de maracatu locais. Começou a tocar aos 12 anos com seu pai numa banda marcial no Recife. Durante toda sua carreira sempre teve preferência por instrumentos de percussão e nos anos 60 se notabilizou por seu talento com o berimbau. Em 1967 mudou-se para o Rio de Janeiro onde gravou dois LPs com Milton Nascimento. No ano seguinte, junto com Geraldo Azevedo, viajou para São Paulo para participar do Quarteto Livre, que acompanhou Geraldo Vandré no III Festival Internacional da Canção. Além disso, Naná tem uma extensa carreira no exterior. A partir de 1967 ele atua como percussionista ao lado de diversos nomes de peso: Jon Hassel, Egberto Gismonti, Pat Metheny, Evelyn Glennie e Jan Garbarek. Formou entre os anos de 1978 e 1982, ao lado de Don Cherry e Collin Walcott o grupo de jazz Codona, com o qual lançou 3 álbuns.

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia