Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm
prefeitura_araxa
SS001023_19274_Brasil-Mais-Competititvo_banner-Sindijori_728x90px_v1 (1)
Homem morto com golpes de facão e tiros
08/09/2014, às 09:19:01

 

Vanderley Ferreira de Castro, 58 anos, foi morto a golpes de facão e tiros, na região Engenho Velho, no município de Perdizes. A Polícia Militar (PM) de Perdizes foi acionada no quartel pela filha dele, GMC, 25 anos, por volta do meio dia de sexta-feira, 5. Ela relatou que a residência do pai dela situada na Fazenda Engenho Velho foi toda revirada e ele estava caído morto na área externa, com ferimentos no pescoço e perfurações no corpo. De imediato, os policiais deslocaram-se para o local, onde chegaram por volta das 14h e constataram que a vítima estava morta. O corpo dele estava na área externa da residência, com um extenso corte na região do pescoço e várias perfurações, provavelmente de tiros. Os militares de Perdizes isolaram toda a área e acionaram a Polícia Civil de Perdizes, o delegado Luiz Gustavo e sua equipe de investigadores que, em seguida, acionou a perícia criminal da Polícia Civil e o Instituto Médico Legal (IML) de Araxá. O perito criminal realizou os trabalhos de praxe colhendo evidências que possam ajudar nas investigações, como o facão que estava ao lado do corpo e uma munição de calibre 22. O corpo foi removido para ser necropsiado no IML de Araxá.

 

 

De acordo com o repórter fotográfico, Willian Tardelli, o delegado de Polícia civil de Perdizes lhe disse que a princípio nada pode ser dito em relação aos suspeitos e a motivação do crime. Segundo ele, os familiares relataram que Vanderlei morava sozinho na fazenda e era uma pessoa muito querida e tranquilo, sendo que fazia uso de bebida alcoólica, porém não era uma pessoa de briga. Willian informa que o irmão da vítima que se encontrava no local lhe disse que ele estava sendo ameaçado, porém não disse por quem. O repórter destaca que no último dia 28 houve um homicídio também na zona rural de Perdizes, com características semelhantes, porque um homem de 65 anos foi morto com disparos de arma de fogo e o corpo dele estava do lado de fora da residência, mas que neste crime foi queimada e não revirada. Willian informa que o delegado Luis Gustavo não descartou a possibilidade dos dois homicídios terem sido cometidos pelo mesmo autor. Ele acredita que em breve os crimes estejam solucionados e conta com a ajuda da população na busca de qualquer informação que possa ajudar na apuração dos casos. “A zona rural de Perdizes nos últimos meses vem registrando algumas ocorrências de furto, roubo e, infelizmente, esses dois homicídios”, destaca Willian. Segundo ele, foi informado pelo comandante da 225ª Companhia de Polícia Militar de Perdizes, tenente Wagner, que foi intensificado o patrulhamento nas estradas vicinais e fazendas da região. A PM também espera que a população de Perdizes ajude a identificar possíveis suspeitos de crimes na região.

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia