Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm
prefeitura_araxa
MP recorre para anular julgamento do caso Tulio Maneira
10/12/2014, às 07:37:45

 

Para a maioria dos jurados, por 4 votos a 1, o motorista Denilson Fagundes Bento matou o assessor parlamentar Tulio Maneira com vários tiros pelas costas. No entanto, por 4 votos a 3, também o absolveu no julgamento realizado pelo juiz de Direito, Renato Zouain Zupo, no último dia 5. O promotor de Justiça, Genebaldo Vitória Borges, acredita que houve uma confusão por parte dos jurados na votação do último quesito e, por isto, já recorreu à Justiça para anular esse julgamento de forma que outro seja realizado porque na opinião dele não restou dúvida de que Denilson realmente matou Túlio e por motivo torpe. Com a decisão do Tribunal do Júri, o motorista que estava preso desde 2012 foi solto e continuará em liberdade apesar do recurso. De acordo com Genebaldo, existe uma jurisprudência quase pacífica de anulação dos julgamentos em casos como esse e realização de novo tribunal com outros jurados. 


> Leia as matérias sobre o caso


> Leia mais na edição impressa do Jornal Clarim que circula nesta sexta-feira, 12.

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia