Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
EDITORIAL - Hercúleo esforço e comunicação
21/01/2015, às 07:36:12

 

A gestão do prefeito Aracely de Paula completou dois meses esta semana com algumas ações que lhe dão fôlego para cumprir a etapa mais difícil de toda transição de governo que é a dos cem primeiros dias. Até a última semana de fevereiro, cabe o bom senso em relação às cobranças porque primeiro é preciso colocar a casa em ordem, como exige toda mudança. Mas, janeiro começou com tons fortes de críticas ao governo, como se tivesse uma varinha mágica para limpar toda a cidade, para voltar à coleta de lixo diária com eficiência, para empregar todo mundo que lhe apoiou na campanha eleitoral, para terminar as obras que estão paradas, para reformar os prédios públicos, para tampar os buracos no asfalto... Enfim, os problemas que exigem solução são muitos e a paciência da população tem sido muito curta.

 

O que é compreensível diante de uma disputa política que dividiu a cidade e estendeu-se muito tempo após as eleições, sendo que a partir do seu desfecho quem foi vidraça agora é pedra. Então, neste período de transição extemporânea de governo, o esforço tem que ser hercúleo para o estabelecimento do clima propício ao planejamento e às realizações, com habilidade política, estratégia e sensibilidade para aplainar as adversidades, o que é impossível sem uma boa comunicação. Nesse aspecto, o governo municipal deu um passo à frente esta semana, quando pela primeira vez reuniu-se com proprietários de veículos de comunicação e jornalistas para discutir esse processo, o que ocorreu de forma transparente e com a oportunidade do debate. Até essa reunião, ninguém conhecia ao certo a composição da equipe da área e de que forma seria estabelecido o relacionamento do governo com a imprensa. O prefeito agradeceu a cobertura espontânea dada neste período pelos veículos de comunicação da cidade e demonstrou que busca o caminho adequado e legal para que a relação comercial esteja aberta a todos, deixando claro que não existirá vínculo editorial em função disto, aliás, como deve ser.

 

Dentre as principais medidas do período, está a composição do staff que conta com muitas pessoas técnicas e também políticas, cujos trabalhos são de amplo conhecimento da população, como os vários ex-secretários que retornam à atividade pública junto ao Poder Executivo, além daqueles que pela primeira vez têm a chance de contribuir. Em relação à minirreforma administrativa que dobrou o número de assessores municipais, Aracely informa que, mesmo assim, com os ajustes feitos o impacto no custo de pessoal é negativo. Ele adianta que ao final da composição dos demais escalões e das necessárias contratações, como das 100 pessoas para a limpeza nesta semana, ainda assim pretende manter o impacto negativo em função da redução de pessoal. A auditoria que como diz o prefeito é um levantamento do que encontrou sucedido de uma orientação sobre como deve agir administrativamente para entregar o governo ao final, é outra medida necessária sob o ponto de vista de se fazer um diagnóstico geral da máquina pública.

 

Quanto às obras, embora mantenha o foco no que seja básico, Aracely busca alguns desafios como a implantação do anel viário e de três viadutos no perímetro urbano, que se conseguir engatar para que sejam concluídos nas próximas gestões já será muito importante. Como ele diz, apesar de serem apenas dois anos até o fim deste mandato, as grandes obras costumam ultrapassar governos. Das obras que estão em andamento, ele demonstra que deve priorizar as que contemplam a saúde e a educação. A implantação do centro administrativo, pelo menos em relação ao Gabinete do Prefeito, parece estar em segundo plano. Além de não citar a continuidade do complexo administrativo até o momento, o prefeito tem agido no sentido de permanecer despachando na antiga sede da prefeitura e da Câmara, no casarão da praça Cel. Adolpho. Tanto é que está interligando o prédio ao anexo pertencente ao Lions Clube e que volta a ser alugado pela prefeitura, desta vez, para acomodar as estruturas que trabalham diretamente com o prefeito, como as secretarias e assessorias afetas ao jurídico, à comunicação e ao turismo. “Estou no meio dos companheiros e do povo”, disse ao mencionar as instalações do Gabinete.

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia