Notícias de Araxá e região!

Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm (1)
banner_pma
Vereador Fabiano avalia dois primeiros anos no Legislativo
07/04/2015, às 07:56:29

 

O vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Fabiano Santos Cunha (PRB), faz uma avaliação sobre a sua atuação nos últimos dois anos do seu primeiro mandato na Câmara Municipal, destacando os principais projetos e ações. Ele também opina sobre a condução dos poderes Legislativo e Executivo nesse período. Na reunião ordinária de terça-feira, 31, o vereador conseguiu aprovar a sua proposta de padronização dos uniformes da rede municipal de ensino, cujo modelo passa a ter apenas o brasão da Prefeitura de Araxá, sem a logomarca da administração, podendo ser usados e reaproveitados pelos alunos independentemente da mudança de governos, sendo que a lei entra em vigor a partir de janeiro de 2017. Durante participação no 30º Seminário Mineiro de Prefeitos, Vice-prefeitos, Vereadores, Procuradores Jurídicos, Controladores Internos, Assessores e Secretários Municipais, organizado pelo Instituto de Estudos Políticos e realizado nos últimos dias 20 e 21, em Belo Horizonte, ele foi homenageado com o Troféu da Inconfidência Mineira.


Clarim - Quais os três principais projetos ou ações que você destacaria quanto a sua atuação na Câmara Municipal nos últimos dois anos?
Fabiano - Primeiro, eu destaco a forma de atuação parlamentar, atendendo o dia todo de acordo com a nossa agenda e dentro daquilo que me propus em campanha, de estar disponível para o cidadão. Em relação aos projetos trabalhados, destacaria uma ação muito importante que é a questão do Centro Esportivo Nadir Barcelos (Buracanã) repassado pelo poder público para a Fundação Rio Branco. Nós sabíamos as dificuldades que a administração anterior estava tendo em administrar aquele espaço, chegando ao ponto de haver até mortes lá dentro e uma ação emergencial já era para ter sido tomada. E nós intermediamos essa parceria com a fundação, que tem feito um trabalho bom com adolescentes no local, mas que precisa avançar mais, melhorar e incluir outras modalidades.  Nós temos que apostar e acreditar, principalmente diante da credibilidade e dos resultados alcançados pela Fundação Rio Branco ao longo de mais de dez anos, o que nos permite ser otimista em relação a esse trabalho. Outra ação que destacaria trata-se de projetos de Lei Rouanet, que nós trabalhamos diretamente através de empresa contratada por mim, para que pudesse fazer projetos para os cinco ternos de congados de Araxá e também para a Banda Lira Araxaense de Música, que tem mais de 70 anos de existência e eu jamais tinha visto qualquer projeto neste sentido. Todos os projetos, na casa de R$ 100 mil cada um, foram aprovados pelo Ministério da Cultura, se tornaram Pronac e estão em fase de captação financeira junto a empresas locais. Eu acredito que todos os projetos terão a sua captação realizada, tendo em vista que são extremamente interessantes para a cidade, pioneiros e que de certa forma também resgatam muito as nossas tradições culturais. E outro que eu destacaria também diz respeito a uma ação social e solidária que nós fizemos através de um contato pessoal em Belo Horizonte, onde conseguimos viabilizar, no ano de 2014, cem cobertores e 3,2 mil fraudas geriátricas que foram de forma gratuita distribuídos a quase dez entidades de Araxá, minimizando assim a demanda que têm no dia a dia. E também destacaria a Lei do Salva-vidas nos clubes araxaenses, que infelizmente nós não vimos ser aplicada na sua totalidade, mas veio beneficiar milhares de pessoas. E no meu ponto de vista, no século XXI é inadmissível os clubes deixarem de oferecer o serviço de um salva-vidas, é o básico, foi aprovado e é lei em Araxá. Assim como trabalhamos o projeto do bombeiro mirim para que pudesse ser implementado, o que acontecerá a partir de agosto pelo Corpo de Bombeiros.


Qual é a sua avaliação do Poder Legislativo nesse período?
Eu estou no meu primeiro mandato como vereador e procurando sempre também aprender no dia a dia e, dentro da dedicação e emprenho que a gente está tendo diariamente, sinto que nós temos conseguido dar a nossa colaboração ao Poder Legislativo. A minha convivência particularmente com todos os colegas vereadores é a melhor possível, independentemente das ideologias e convicções político-partidárias de cada um. Eu procuro fazer o meu trabalho respeitando o papel de todos e, principalmente, preservando e respeitando a instituição Câmara Municipal. Tenho certeza absoluta que ao final dos meus quatro anos, quem vai fazer o balanço da minha participação é a comunidade. Mas, eu posso assegurar que no dia a dia o que eu procuro fazer é trabalhar com ética, transparência e respeito ao cidadão.


E em relação ao Poder Executivo, qual a sua avaliação nesse período?
É inegável que nós tivemos dois anos, 2013 e 2014, extremamente turbulentos em razão das demandas judiciais que houve em relação ao Poder Executivo. Isso, naturalmente, dificultou muito o trabalho, tanto de nós agentes públicos quanto também da própria comunidade. Mas, são situações que nós não entraremos no mérito. Acho que o Poder Judiciário fez o papel dele, cumpriu com a sua obrigação legal e constitucional. E nós, então, temos que apenas torcer para que os próximos dois anos, 2015 e 2016, sejam de mais avanços para a comunidade de Araxá, de mais progressos que tragam efetivamente aquilo que o cidadão espera: primeiro, respeito as suas necessidades e direitos e, acima de tudo, programas que visem beneficiar diretamente a população.


Qual a sua perspectiva para esses próximos dois anos? Existe algum projeto ou ação específicos que ainda gostaria de viabilizar?
Como eu disse, eu visualizo com boas perspectivas os próximos dois anos para Araxá. Eu tenho certeza que o ambiente político melhorou, eu percebo mais boa vontade quando a gente vai trabalhar determinada ação. As portas estão se abrindo mais fácil para que a gente possa conversar a respeito de eventuais ideias, sugestões e também projetos. Em relação particularmente ao meu trabalho enquanto vereador, nós estamos trabalhando várias ações, especialmente voltadas para as áreas de educação e esporte, que oportunamente serão colocadas em público. Eu adianto que é muito grande a minha expectativa em relação a ações pontuais que nós estamos trabalhando e que envolverá também a ação direta do nosso representante na assembleia, o deputado estadual Bosco, com quem estive pessoalmente no Gabinete dele, na última sexta-feira (20). Justamente, já levando essas ações e articulando a melhor formatação de projetos para que a gente possa ter êxito na reta final. O deputado se colocou prontamente favorável aos projetos, disposto a nos ajudar e orientando inclusive a devida formatação para que a gente possa caminhar de forma tranquila e ter a ação concretizada no final.

 

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia