Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm
banner_pma]  
Aracely anuncia reajuste do servidor
15/05/2015, às 09:23:11

 

No mês da data-base dos servidores públicos municipais, o prefeito Aracely de Paula anunciou nesta quinta-feira, 14, um reajuste salarial para todos os ativos que não tiveram correção nos seus vencimentos desde 2011, de no mínimo 9% e no máximo 100%. Segundo ele, o valor do cartão alimentação foi acrescido em 37,5% e este benefício foi estendido a todos os inativos.  “Dentro do que foi exposto, procuramos fazer esse reajuste proporcional a cada classe, beneficiando mais os que ganhavam menos, corrigindo injustiças que vão se somando ao longo dos anos e dando aquilo que realmente entendemos que seria o limite do que a prefeitura poderia conceder neste momento”, diz.



De acordo com Aracely, os reajustes propostos farão as despesas com pessoal atingirem um percentual de 45% da receita corrente líquida, sendo que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina que não devem ultrapassar o limite prudencial de 48,5%. “Essa preocupação nos coloca numa zona de observação, porque se nós ultrapassarmos esse limite teremos que fazer uma correção salarial do pessoal, tendo em vista que as transferências da União e do Estado representam mais de 70% na receita corrente e não dependem da gente”, destaca. Segundo ele, cumpre um “dever de consciência” na administração municipal.  “Agradeço à Lídia (Jordão, vice-prefeita) que trabalhou conosco nesses dias ao lado das nossas assessorias Jurídica e Administrativa e ao presidente do Iprema (Instituto da Previdência da Prefeitura Municipal de Araxá), o André (Luis da Silva), que também nos acompanhou em todas as atividades que tivemos para chegar a determinados resultados que eu creio bastante compensatórios para o futuro de nossa cidade”, cita.  



O prefeito explica que a medida atinge toda a cidade, mas especialmente os cerca de 5 mil servidores ativos e inativos. “Nós tivemos o critério que custou muito tempo, de fazer uma reavaliação geral de todo o quadro de pessoal encontrado. Seria muito fácil e cômodo se nos limitássemos a dar um aumento horizontal para toda a classe. Mas, eu acredito que não estaríamos fazendo justiça e sendo coerentes com o quadro que acontece realmente e vem afligindo ao longo dos anos diversas categorias dos servidores municipais. Nós sabemos que o que o município pode oferecer, às vezes não é aquilo que nós gostaríamos, mas oferecemos com muita tranquilidade, sabendo da gravidade do momento que estamos vivendo em nível nacional, estadual e de outros municípios”, esclarece.



>> DETALHES NA EDIÇÃO IMPRESSA DO CLARIM QUE CIRCULA HOJE

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia