Logo
Araxá / MG - , -
Clarim no WhatsApp (34) 98893-8381
Menu

Digite pelo menos 2 caracteres!
cbmm_banner
980x150
Grupos de Goiás e Minas Gerais vencem a 11ª edição do Dançaraxá
18/08/2011, às 07:54:38

 

   A arte através do corpo sintetiza a mensagem passada ao grande público que acompanhou as apresentações no decorrer da 11ª edição do Dançaraxá. O festival competitivo de dança já consolidou-se como o maior de Minas Gerais e, mais uma vez, durante quatro dias movimentou a cidade com a presença de mais de cinquenta grupos de vários Estados do país que apresentaram-se no Centro Cultural do Sesc/Araxá e na praça Governador Valadares, Centro.
   O evento contou com cerca de trezentas apresentações de ballet, contemporâneo, jazz, estilo livre, hip hop e sapateado. Estilos diferentes, com a apresentação de espetáculos de renomadas companhias de dança, encantaram o vibrante público. Na última sexta feira, 12, a Cia. de Dança Sesiminas retratou a revolução dos anos 60 com o espetáculo de Tango “Rubro”. No domingo, 14, os estilos ballet e contemporâneo foram apresentados pelo grupo Pavilhão D, de São Paulo, com o espetáculo “Veja nos meus olhos”. E, no último dia do evento, o grupo Impacto, de Viçosa, considerado revelação mineira apresentou o ousado espetáculo “Obstáculo”.

Resultado final
   “O nível e as coreografias surpreenderam e, em oito anos participando da competição, este foi o melhor de todos, em todos os estilos”, diz um dos jurados, Octávio Nassur. A cada dia de espetáculo, os grupos foram avaliados e receberam notas. Na noite do último dia 15, a avaliação geral do Dançaraxá foi divulgada pelos jurados: Melhor Escola – Mvsika/Goiânia; Melhor Bailarina – Andressa Tavares, da Energia Grupo de Dança/Goiânia; Coreografia Revelação – ‘Hipnose’ da Energia Grupo de Dança/Goiânia; Grupo Revelação – empate com os grupos Arabesque/Araguari e Escola Passos de Dança/Passos.
   “Foi muito positivo este festival, conseguimos trazer companhias de dança de alto nível, maior número de inscrições nas oficinas e grandes grupos competidores. A lei de incentivo à cultura enriqueceu e muito nosso evento. Já começamos a preparar o décimo segundo evento que vem com mudanças e melhor ainda”, afirma Elaine Afonso Borges, uma das organizadoras do evento.
   O Dançaraxá recebeu recursos da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, apoio da Prefeitura de Araxá através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias e foi patrocinado pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

 

 

 

 

Compartilhar no WhatsApp
Clarim
Radix Tecnologia